Bem-vindo/a ao nosso site

 

Coordenadora visita Escolas São João Batista e A.J. Renner de Montenegro

 

Nesta sexta-feira, 27 de março, a coordenadora Helenise Ávila Juchem, da 2ª CRE, visitou a Escola Técnica Estadual São João Batista em Montenegro, para verificar as obras em andamento na escola. No local, também ocorreu a primeira reunião entre a equipe diretiva e a 2ª CRE para tratar de assuntos sobre a 19ª edição da Expotec.

 

No mesmo dia, Helenise  visitou o Colégio Estadual A. J. Renner, também em Montenego.  Na oportunidade, a coordenadora e o departamento pedagógico da 2ª CRE, conheceram a realidade escolar e também discutiram com a equipe diretiva sobre melhorias para a escola.

 

 

 

 





Diversidade Cultural

No dia 25 de março, a coordenadora da 2ª CRE Helenise Ávila Juchem, compareceu a reunião de coordenadores, recebendo do secretário a pasta da diversidade cultural.

 

Foto: Evandro Oliveira
Repórter Fotográfico - SEDUC/RS

 

 


 

 

Alunas da Escola Estadual de Ensino Médio Affonso Wolf de Dois irmãos, transformam copos de plástico branco em forro de residência

                                                                           

Com esse projeto de pesquisa realizado durante as aulas do Seminário Integrado, do ensino politécnico e orientado pela profª Helena Stoffel, as alunas pesquisadoras Camila Solange Machado, Jaqueline Elisiane  Hermann e Jennifer Natália Schons Engelmann, ambas do 3º ano do EM, participaram na última semana na USP, em São Paulo/SP da 13ª FEBRACE – Feira Brasileira de Ciência e Engenharia). O projeto consiste na produção de forro de residência reutilizando copos de plástico branco. 

Os experimentos iniciais apresentaram resultados bastante otimistas e evidenciaram a viabilidade de  confeccionar um forro sustentável à base de copos de plástico. Acredita-se que esse forro será resistente e manterá as mesmas qualidades propostas na formação do atual. Levando-se em conta que a matéria-prima utilizada originou-se de resíduos reaproveitáveis, a produção desse forro apresenta custos reduzidos e contribui com a redução da geração de resíduos que acabam destruindo o planeta.

Reutilizando esse tipo de embalagens contribui-se com a sustentabilidade ambiental. Através dos estudos realizados observou-se que há um crescimento considerável no consumo de plástico pela sociedade moderna.

 “A participação dos alunos numa feira de nível nacional é de extrema relevância para a sua formação, amplia os conhecimentos, promove a troca de experiências  e possibilita um intercâmbio cultural, pois há estudantes de todos os estados brasileiros.” (Profª orientadora Helena Teresinha Reinehr Stoffel)

“Participar da 13º FEBRACE foi uma experiência incrível, uma das melhores coisas que já me aconteceu, e estar representando nossa escola, Dois Irmãos e o o Rio Grande do Sul me deixa muito feliz. A feira nos mostra que não existe melhores e nem piores que todos somos bons, que o prêmio não é tudo, claro é bom ganhar algo, mas o fato de você está ali é ótimo, adquirimos conhecimentos, experiências, fizemos amizades com pessoas de outros estados, são tantas lembranças que depois que fomos embora demorei para processar este turbilhão de coisas que aconteceram na última semana. (Camila Solange Machado)”

“ Bom, eu imaginava que a feira fosse enorme e que haveria mais entrosamento entre os projetos. Senti que poderia ter sido melhor nesses aspectos, mas foi inesquecível e único. Pude conhecer um pouco sobre os projetos dos nossos estandes vizinhos  e fazer amizades com pessoas de lugares diferentes. Na FEBRACE pude  ver o quão a nossa mente pode desenvolver e criar coisas baseadas em fatos do dia-a-dia. Pude ver, o quão temos o poder de criar algo gigantesco e inovador. Havia projetos maravilhosos. Havia também projeto de coisas que já tinha ouvido falar. Mas, o que também me chamou a atenção, foram as palestras. A primeira era sobre inovação. Pude ver a sutil diferença entre invenção e inovação. Vi que as ideias surgem a todo o momento, basta ler as entrelinhas do dia-a-dia. No outro dia a palestra era sobre "POR ONDE ANDAM" esta palestra falava sobre feiras e projeto de pesquisa. Como surgem as coisas. Um dos moços comentou o quanto é difícil fazer pesquisa, o quanto precisamos nos dedicar em cima do que queremos. Nesta palestra me emocionei e ao mesmo tempo tive a certeza de que não queria deixar de fazer projeto. Senti vontade de ajudar a criar e incentivar nossos pesquisadores. A febrace é totalmente diferente da feira de escola. Abriu minha mente e vi que a experiência conta mais que tudo, pois sem ela não poderei passar nenhum conhecimento a ninguém. Foi incrível”. (Jaqueline Hermann)

Agradecemos a todos os colaboradores, em especial a escola Affonso Wolf, que contribuíram para que pudéssemos participar da FEBRACE.

 

Fonte: Colaboração da Escola - 30/03/15

 

 

 

 

 
A Escola 19 de Outubro na luta contra a Dengue
 
 

Como todo mosquito, o transmissor da dengue também nos causa impertinência. Ele  é originário do Egito, na África, e vem causando muitos problemas ao Brasil a muito tempo. No Brasil, segundo os primeiros relatos de dengue datam do final do século XIX, em Curitiba (PR), e do início do século XX, em Niterói (RJ). Segundo dados do Ministério da Saúde, a primeira ocorrência do vírus no país, documentada clínica e laboratorialmente, aconteceu em 1981-1982, em Boa Vista (RR), houve epidemias no Rio de Janeiro e em algumas capitais do Nordeste. Desde então, a dengue vem ocorrendo no Brasil de forma continuada e é encontrado em todos os Estados brasileiros.

 

O mosquito transmissor da dengue, denominado - Aedes aegypti -  é o vetor de um arbovírus pertencente à família Flaviviridae e ao gênero Flavivirus. O vírus é envelopado e esférico, apresentando projeções ao longo de sua superfície. Além disso, é um vírus de RNA fita única, comportando-se como RNA mensageiro. O vírus apresenta quatro diferentes sorotipos, conhecidos por DEN-1, DEN-2, DEN-3, segundo, http://www.contagem.cefetmg.br.

 

Atualmente, a doença requer atenção especial da população e dos órgãos vigentes, pois muitos casos de focos de larvas do mosquito estão sendo encontradas na grade Porto Alegre. Precisamos nos conscientizar e tomar medidas preventivas para evitar que o problema se agrave ainda mais. Para tanto, a Escola Estadual de Ensino Fundamental 19 de Outubro já está fazendo a sua parte, criando armadilhas caseiras para as larvas  procurando locais de desenvolvimento da larva do mosquito.

 
 
Fonte: Colaboração da Escola Estadual de Ensino Fundamental 19 de Outubro - Ivoti - 27/03/15
Ana Cláudia da Silva Triches  

Bióloga - CRBio/RS: 081101

Professora de Ciências Naturais, Biologia e Administração - Projovem

 
 
 

 

Alunos da E. E. E. F. Adolfo Flor aprendem a manter Horta e Canteiros Sustentáveis.

  

 

Alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Adolfo Flor, de Salvador do Sul, são estimulados a cuidar do meio ambiente através de um projeto chamado Canteiros Sustentáveis,que mantém horta escolar e composteiras, para transformar cascas de frutas, verduras e  folhas em terra para o plantio das mudinhas na horta. Sob a responsabilidade dos professores da escola, funcionária e oficineira do Programa Mais Educação, estudantes aprendem a preservar e valorizar o trabalho como forma de gerar economia e alimento saudável. O projeto também estimula o trabalho coletivo. Os pais integrados com a comunidade escolar, ressaltam que o projeto conscientiza ao alunos sobre a importância de suas produções e, ainda, da separação o lixo seco e orgânico, como forma de despertar uma consciência ecologicamente correta e sustentável.

 

Fonte: Colaboração da escola

Enviado em 20/03/2015

 

 

 

 

Salas, cobertura de pátio e quadra de esportes são inauguradas em Morro Reuter e Vale Real

 

       Na tarde desta terça-feira (10), as comunidades escolares de Morro Reuter e Vale Real comemoram a entrega de importantes investimentos nas escolas João Wagner e Bernardo Petry. O secretário da Educação, Vieira da Cunha, e a titular da 2ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Helenise Juchem, participaram dos atos que reuniram políticos locais, diretores, professores e alunos nas duas cidades.

A primeira inauguração aconteceu na Escola Estadual de Ensino Médio João Wagner, em Morro Reuter. Foram entregues duas novas salas e a cobertura do pátio, em um investimento de R$ 300 mil.

Alunos apresentaram um Sarau Poético e, em sua fala, o secretário ressaltou o fato de a escola ter recebido o Troféu Leonel Brizola, pelo primeiro lugar no IDEB do Rio Grande do Sul.

Já em Vale Real, foi comemorada a entrega da quadra esportiva coberta na Escola Estadual de Ensino Médio Bernardo Petry. A instituição completou 55 anos e recebeu o investimento de R$ 515 mil.

 

Fonte site da SEDUC - RS - 10/03/2015

 

 

 

 

 

ABERTURA DO ANO LETIVO

 

Foto: Reunião  dia 04 e 05/02

 

Atribuição_02CRE.pdf (105838)


contatos_do _departamento_02CRE.pdf (103611)
 

 

 

 

Um belo momento na Escola Estadual Kurt Walzer

 

 

Projeto “Comusa na Comunidade”  desenvolve ações socioambientais envolvendo crianças e adultos dos bairros Vila Diehl e São José, no pátio da Escola Estadual de Ensino Fundamental Kurt Walzer, em Novo Hamburgo.

 

Confira nos links abaixo:

 

http://www.comusa.rs.gov.br/index.php/noticia-477/acoes-socioambientais-atraem-a-comunidade--nos-bairros-vila-diehl-e-sao-jose

 

http://an.novohamburgo.rs.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=66528&tit=Acoes-socioambientais-atraem-a-comunidade-nos-bairros-Vila-Diehl-e-Sao-Jose

 

http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2015/01/noticias/regiao/123894-projeto-da-comusa-une-conscientizacao-ambiental-a-atividades-para-adultos-e-criancas.html

 

 

Fonte: Colaboração da Escola

 

 

 

 

 

Seduc realiza reunião geral com coordenadores regionais de Educação

 

Foto da Notícia

Por dois dias seguidos, os 30 coordenadores regionais de Educação estão em Porto Alegre para uma reunião com o secretário Vieira da Cunha, com os diretores dos departamentos e entidades.

Empossados em 12 de janeiro, os novos coordenadores estão sendo informados dos procedimentos de cada área e recebendo orientações sobre o início do ano letivo.

Nesta terça-feira, a abertura da reunião foi feita pelo secretário, que acompanhou a atividade durante todo o dia. Além das palestras feitas pelas direções dos departamentos de Planejamento, Recursos Humanos e Logística, houve a participação da presidente do Conselho Estadual de Educação do Rio Grande do Sul  (CEEd/RS), Cecília Farias.

Nesta quarta-feira, as atividades no auditório Paulo Freire continuam. Estão previstas palestras dos departamentos Pedagógico, de Articulação com os Municípios, Administrativo, da Superintendência da Educação Profissional do Estado e do Ministério Público.

 

Fonte site da SEDUC - RS - 27/01/2015

 

 

 

Escolas públicas e privadas devem informar o movimento e rendimento dos alunos

 

A partir da segunda-feira, 2 de fevereiro, as escolas de Educação Básica do Rio Grande do Sul devem lançar, no sistema Educacenso, as informações relativas aos dados de  movimento (transferidos, deixaram de frequentar e falecidos) e rendimento (aprovados ou reprovados) de cada um de seus alunos em relação ao período letivo de 2014, conforme Portaria nº 105, de 13 de março de 2014.

O envio das informações é realizado anualmente, por escolas públicas e privadas, e são referências para dados importantes sobre a Educação brasileira.

Estes dados são fundamentais para termos conhecimento do rendimento escolar dos estudantes da Educação Básica, para o acompanhamento das metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), e para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que são indicadores importantes para balizar ações na melhoria do ensino brasileiro. A escola que não encaminhar esses dados não participará dos indicadores educacionais.

Fique atento aos prazos:
• Abertura do Módulo Situação do Aluno: 02/02/2015
• Encerramento da Coleta: 20/03/2015
• Disponibilização dos relatórios para gestores: 30/03/2015
• Reabertura do Módulo para conferência: de 30/03 a 15/04/2015
• Divulgação Final do Rendimento: 30/04/2015

Mais informações:
Departamento de Planejamento - (51) 3288-4866 / 4928 / 4835 ou estatísticars@inep.gov.br

Clique aqui para realizar o envio dos dados a partir de 2 de fevereiro

 

 

Fonte site da SEDUC - RS - 27/01/2015

 

 

 

 

A Coordenadora empossada no dia 12 de janeiro, Helenise Ávila Juchem se apresentou e falou da satisfação de voltar a casa onde atuou entre 2003 e 2006, e de iniciar mais essa jornada contando com apoio de todos.  

 

 

 

 

Vieira dá posse aos novos coordenadores regionais da Educação

 

Em solenidade na Praça de Eventos da Secretaria da Educação, o secretário Vieira da Cunha empossou, na tarde desta segunda-feira, 29 coordenadores regionais de educação. Além deles, os coordenadores adjuntos também assumiram os cargos.

A cerimônia contou com a presença do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, de vereadores, deputados estaduais e federais. O senador eleito Lasier Martins também participou do ato, que teve grande presença de servidores da secretaria e dos novos coordenadores.

Em discurso, Vieira salientou a importância da missão assumida pelos novos representantes das CREs. “As coordenadorias regionais são uma peça-chave na nossa estratégia. Não podemos administrar o Estado, com toda a complexidade que ele tem, aqui de Porto Alegre. Precisamos ter pessoas em contato com a comunidade, com as famílias, e eles são nossos representantes. Temos a convicção de que selecionamos quadros preparados para que nossos projetos possam atender a comunidade escolar”, disse Vieira.

Logo após a solenidade, o secretário convocou o grupo de coordenadores titulares e adjuntos para a primeira reunião de trabalho, na Sala Paulo Freire. Conforme Vieira, a interação entre os coordenadores e diretores de departamento da Seduc será fundamental para que a secretaria possa agilizar as demandas e receber bem a comunidade escolar no final de fevereiro.

Abaixo, confira os nomes e perfis dos novos coordenadores:

1ª CRE – PORTO ALEGRE
Coordenadora: Sônia D’Avila
Ex-secretária municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana de Porto Alegre, Sônia D’Avila é bacharel em administração e tecnóloga em Administração Pública.

2ª CRE – SÃO LEOPOLDO
Coordenadora: Helenise Juchem
Graduada em Educação Física pela UFRGS, tem especialização em Gestão Escolar pela Universidade Castelo Branco. A professora já ocupou o cargo de coordenadora da 2ª CRE entre 2003 e 2006 e tem experiência na administração de escolas e da rede pública estadual. Entre 2007 e 2008, ocupou o cargo de secretária de Cultura, em Novo Hamburgo.

3ª CRE - ESTRELA
Coordenador: Nelson Paulo Backes
Professor estadual há mais de três décadas, Nelson Paulo Backes é formado em Ciências Físicas pela UNISC. Por quatro mandatos seguidos, foi diretor da Escola Estadual de Ensino Médio Guararapes, localizada no município de Arroio do Meio. Ao longo da carreira de professor, também deu aulas em escolas particulares.
Nelson já exerceu diversos cargos públicos, como o de vereador, secretário municipal de Administração, de Obras e da Agricultura. Entre os anos de 1993 e 1996, foi prefeito de Arroio do Meio e hoje ocupa o cargo de vice-presidente do PDT na cidade.

4ª CRE – CAXIAS DO SUL
Coordenador: Paulo Fernando Périco
Formado em História e em Direito, é mestre em Administração pela PUC e pós-graduado em História e Marketing.

5ª CRE - PELOTAS
Coordenador: Antônio Carlos Barum Brod
Graduado em Direito pela Universidade Católica de Pelotas e em Licenciatura em Disciplinas Especializadas pela Universidade Federal de Pelotas, é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul Riograndense. Representa o MEC no Conselho Administrativo do Senac-RS, onde é conselheiro titular.

6ª CRE – SANTA CRUZ DO SUL
Coordenador: Luiz Ricardo Pinho de Moura
Formado em Estudos Sociais pela UNISC, tem especialização em Organização Social e Política Brasileira e em História. É pós-graduado em Métodos e Técnicas de Ensino e em Gestão Escolar. Desde 2013, ocupa o cargo de secretário municipal de Educação e Cultura na prefeitura de Pantano Grande.

7ª CRE – PASSO FUNDO
Coordenador: Santos Olavo Misturini
Formado em Pedagogia pela UPF, possui pós-graduação em Alfabetização e Gestão  Escolar. Sua experiência profissional inclui 32 anos como professor no Ensino Fundamental e 24 anos como professor universitário. Foi secretário municipal de Educação em Passo Fundo e Ernestina.

8ª CRE – SANTA MARIA
Coordenadora: Iara Regina Druzian
Formada em Letras habilitação em Inglês, é pós-graduada em Educação pela UFSM. Foi professora do Instituto de Educação Olavo Bilac e coordenou Feiras do Livro em Santa Maria. Já desenvolveu a atividade de presidente-fundadora da Associação dos Professores de Línguas Estrangeiras de Santa Maria e Região.

9ª CRE – CRUZ ALTA
Coordenadora: Aline Bucco Bilibio
Formada em Educação Física e pós-graduada em Bases Metodológicas e Fisiológicas do Treinamento Físico, com ênfase em Obesidade Infantil a Atividade Física, a professora faz parte do magistério municipal de Cruz Alta. Desde 2010, é coordenadora e professora em projetos sociais das secretarias municipais de Cultura e Educação.

10ª CRE - URUGUAIANA
Coordenadora: Sara Eliseth Duzac Cardoso
Formada em História e Artes pela PUCRS, a professora é pós-graduada em Educação. Já foi coordenadora da 10ª CRE e diretora de escolas estaduais e municipal de Uruguaiana.

11ª CRE - OSÓRIO
Coordenador: Gil José Davóglio
Foi secretário municipal de Educação por sete anos, onde atuou na reabertura e construção de novas escolas, na implementação de projetos incluindo a proposta do turno integral e nos esforços para levar à cidade um campus do Instituto Federal.

12ª CRE - GUAÍBA
Coordenadora: Débora Luz da Rocha
Com formação em Pedagogia pela Unisinos, a professora está na rede estadual desde 1998. Há três anos, exerce a função de docente nos anos iniciais do Ensino Fundamental na prefeitura de Guaíba.

13ª CRE - BAGÉ
Coordenador: Aristides Costa
Pós-graduado na área da Educação, foi prefeito de Lavras do Sul por duas vezes (1993-1996 e 2001-2004) e recebeu o Prêmio Top de Atuação Pública e o certificado de Prefeito Empreendedor pelo Sebrae-RS.

14ª CRE – SANTO ÂNGELO
Coordenadora: Tania Rosana Matos Santiago
Formada em Ciências Físicas e Biológicas, com habilitação para Ensino Fundamental e Médio, e em Matemática, com habilitação para Ensino Médio, foi coordenadora adjunta da 14ª CRE entre 2011 e 2014. A professora ingressou na rede estadual em 1979 e deu aulas em escolas de São Luiz Gonzaga e Santo Ângelo.

15ª CRE - ERECHIM
Coordenadora: Zenaide D’Agostini Bazzotti
Formada em Letras, foi professora da rede estadual por 24 anos. De 2001 a 2012, foi vereadora e, entre 2005 e 2007, assumiu o cargo de secretária municipal de Saúde.

16ª CRE – BENTO GONÇALVES
Coordenador: Leonir Rasador
Graduado em Letras, é professor de português e inglês e possui pós-graduação em letras. Foi secretário de Educação, vice-prefeito e prefeito de Monte Belo do Sul.  Como está em tratamento de saúde, assumirá em fevereiro. Durante o período, a coordenadora adjunta será responsável pela 16ª CRE.

17ª CRE – SANTA ROSA
Coordenadora: Roseli Fuhr Schaefer
Professora da rede municipal há 27 anos e, há cinco anos, é diretora da Escola Municipal Marquês do Herval. Foi também supervisora de educação da secretaria municipal de Santa Rosa.

18ª CRE – RIO GRANDE
Coordenadora: Janete Cardoso Pinto
Formada em Estudos Sociais pela FURG, Janete Cardoso Pinto tem pós-graduação em Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes pela USP e também no tema Rio Grande do Sul: Sociedade, Política e Cultura. Atualmente, é diretora da Escola Estadual Alcides Barcelos.

19ª CRE – SANTANA DO LIVRAMENTO
Coordenadora: Gislaine Gisler Grecelle
Graduada em Pedagogia, com pós em Supervisão Escolar e Classe Especial, a professora aposentada é atualmente presidente da Associação das Mulheres Empreendedoras de Livramento. Ao longo da carreira, foi coordenadora adjunta da 19ª CRE.
20ª CRE – PALMEIRA DAS MISSÕES
Coordenadora: Ana Possebon Perusso
Formada em Estudos Sociais, licenciatura em Geografia, exerceu atividades em diversas CREs, como as de Santo Ângelo e Palmeira das Missões. Atualmente, integra o Conselho Municipal de Educação de Palmeira das Missões e é presidente da Ação da Mulher Trabalhista.

21ª CRE – TRÊS PASSOS
Coordenador: Clovis Baraldi Machado
Advogado e Jornalista, já foi secretário municipal de Administração, em Campo Novo e São Leopoldo, e de Obras, em Três Passos. Também trabalhou como chefe de gabinete no governo Colares e como assessor parlamentar por seis anos na Assembleia Legislativa.

23ª CRE - VACARIA
Coordenadora: Gilvana Rissardi Baldin
Formada em Ciências Sociais, possui pós-graduação na área e em Supervisão Escolar. É funcionária municipal desde 1998 e do Estado desde 2000. Foi secretária municipal adjunta da Educação entre 2005 e 2006 e titular da pasta nos anos de 2007 e 2008. Atualmente, é diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental Jardim América.

24ª CRE – CACHOEIRA DO SUL
Coordenadora: Julieta Aparecida de Oliveira Pereira Prestes
Formada em Letras, habilitação Português, Francês e Respectivas Literaturas, possui pós-graduação em Pedagogia Gestora. Ingressou no magistério estadual em 1981 e atualmente exerce funções como a de supervisora escolar do Curso Técnico em Contabilidade e é responsável pela organização dos planos de estudos do Ensino Fundamental de nove anos no Colégio Estadual Diva Costa Fachin.

25ª CRE - SOLEDADE
Coordenadora: Margarida da Silva Chitolina
Com formação em Literatura e Língua Portuguesa pela Unijui, foi secretária municipal da Educação em Fontoura Xavier por seis anos. Também atuou como delegada de Educação e é atual presidente do PDT da cidade.

27ª CRE - CANOAS
Coordenadora: Stela Steyer
Formada em Pedagogia pela Unilasalle e pós-graduada em Projetos Sociais e Culturais pela UFRGS, Stela Steyer coordenou a Feira do Livro de Canoas no último ano.

32ª CRE – SÃO LUIZ GONZAGA
Coordenadora: Josefina Adams de Moraes
Formada em História pela URI Santo Ângelo, é coordenadora pedagógica da Escola Estadual de Ensino Médio Professora Teresinha Medeiros Schneider. Por dois anos, foi coordenadora adjunta da 32ª CRE.

35ª CRE – SÃO BORJA
Coordenadora: Tânia Maria Almeida Guerreiro
Formada em Pedagogia, foi coordenadora da 35ª CRE entre 2003 e 2006. Exerceu também a direção, vice-direção e supervisão pedagógica em escolas estaduais do município.

36ª CRE - IJUÍ
Coordenador: Claudio da Cruz de Souza
Formado em Pedagogia, com habilitação em Supervisão e Orientação Escolar, foi diretor pedagógico do Instituto Municipal de Educação e Ensino Assis Brasil e do Colégio Positivo. Na 36ª CRE, foi coordenador pedagógico e regional entre os anos de 2003 e 2006.

39ª CRE - CARAZINHO
Coordenador: Sandra Denise Bandeira Guerra
Integrante do atual setor de Recursos Humanos da 39ª CRE, a professora é formada em Matemática, com especialização na área e em Pedagogia Gestora: Administração, Supervisão Orientação.Também é conselheira municipal de Educação.

 

 

Fonte: site da SEDUC - RS

 

 

 

 

 Vieira e Sartori acompanham abertura do período de matrículas da rede estadual de ensino

 

O governador José Ivo Sartori e o secretário da Educação, Vieira da Cunha, estiveram na manhã desta segunda-feira (05) na Escola Estadual de Ensino Fundamental Alvarenga Peixoto, acompanhando a abertura do período de matrículas da rede estadual de ensino. Sartori e Vieira foram recebidos pela diretora da escola, Kátia Elisabeth Schirmer, e pela supervisora Dóris Terezinha César Alves.

"Sabemos que a educação tem um papel muito importante na vida das famílias, dos professores, dos alunos e da comunidade”, afirmou o governador, ressaltando que é uma aspiração do Governo “construir uma realidade na qual a comunidade se apodere das escolas e colabore com os professores, com a direção e com os pais”.


Segundo o secretário Vieira da Cunha, a expectativa é de que o período de matrículas transcorra dentro da normalidade e que a rede consiga atender a todas as demandas. “Faremos tudo para que a rede esteja em condições de bem atender a comunidade escolar. A educação é uma área essencial e os investimentos (nessa área) não vão parar”, garantiu.

Localizada na Ilha Grande dos Marinheiros, a Escola Alvarenga Peixoto conta com cerca de 700 estudantes do Ensino Fundamental e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA).


Escola Estadual Paula Soares e Instituto de Educação


À tarde, os dois voltaram a visitar outro colégio, desta vez, a Escola Estadual Paula Soares, no Centro Histórico de Porto Alegre. Eles foram recebidos pelo diretor, Luiz dos Santos Diefenthaler, e demais membros da comunidade escolar, que já recepcionavam pais e estudantes para encaminhamento de matrícula.


Diante da localização e acesso – no Centro da Capital – a procura por vagas para os ensinos Fundamental e Médio já era crescente. Na conversa com a diretoria, o governador avaliou a questão estrutural da rede de ensino, que tem os recursos provenientes para reformas centralizados para uma mesma finalidade. "Cada escola tem sua particularidade, então é preciso dar agilidade, desde os processos mais simples até a criação de convênios, para atender a comunidade escolar", apontou.


Após a ida à Escola Paula Soares, eles seguiram para o Instituto de Educação General Flores da Cunha, no bairro Bom Fim, uma das mais antigas e tradicionais instituições de ensino da Capital e do Estado, com mais de 2 mil alunos. Na visita, acompanharam de perto a preparação para as obras de restauro do prédio, que devem se iniciar neste ano.


Serviço


As matrículas na rede estadual de ensino seguem até 13 de janeiro, na escola para a qual o candidato foi designado durante o prazo de inscrições, em outubro passado. Neste mesmo período – de 5 a 13 de janeiro de 2015 –, devem ser solicitadas as transferências no Ensino Fundamental – 2º ao 9º ano ou 1º, 2º e 3º ciclo, pelo site da Secretaria da Educação. Os candidatos designados farão matrícula entre os dias 23 e 30 de janeiro de 2015.


Pedidos de transferência do 2º e 3º anos do Ensino Médio, do Curso Normal (Magistério) e da Educação Profissional devem ser feitos diretamente na escola desejada, também entre esta segunda-feira (05) e 13 de janeiro. No mesmo período, devem ser efetuados os pedidos de ingresso na Educação Infantil e na Educação de Jovens e Adultos, ambos diretamente na escola de interesse dos pais ou do candidato.

O calendário de matrículas na rede estadual para 2015 está em andamento desde o início de outubro. A rematrícula dos estudantes já inscritos nas escolas estaduais ocorreu em outubro, assim como a inscrição para ingresso no 1º ano ou 1º ciclo do Ensino Fundamental e 1º ano do Ensino Médio Politécnico, Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio, Curso Normal (Magistério) e cursos técnicos subsequentes, cujas matrículas estão sendo feitas agora.

 

 

Fonte: site da SEDUC - RS

 

 

 

Vieira assume a Educação com o compromisso de reestruturar a rede e implantar gradualmente o turno integral

 

 

Empossado nesta quinta-feira pelo governador José Ivo Sartori, Vieira da Cunha assume a Secretaria Estadual da Educação com os desafios de melhorar a qualidade do ensino e implantar gradualmente o turno integral na rede pública do Estado.

Para isso, o novo secretário acredita ser necessário tomar um conjunto de medidas, que passam pela parceria entre o governo do Estado, governo federal, municípios, professores, funcionários de escolas e também pelas famílias de alunos. Outro ponto indispensável é a melhoria na infraestrutura da rede.

“Temos que preparar as escolas para a realidade do século XXI, dotá-las de recursos tecnológicos, para que as nossas crianças tenham um aprendizado de qualidade”, afirma Vieira.

Outro compromisso do novo secretário é com o ensino de turno integral. O começo deverá ser pelos CIEPs, as escolas projetadas e construídas durante o governo Collares para funcionarem em tempo integral, e que hoje, exceto a unidade de Canela, funcionam de forma convencional.

 

“São escolas que já têm a concepção arquitetônica e o espaço necessário para funcionarem em tempo integral. Nós vamos, imediatamente, consultar essas comunidades para que, a partir do ano letivo de 2016, possamos retomar o funcionamento dos CIEPs de acordo com o projeto original”, adianta Vieira.

 

Outra meta é a qualificação continuada do quadro de professores, com cursos de formação que aprimorem o corpo docente. Vieira também perseguirá o pagamento do piso do magistério, e classifica a parceria com a União como ponto indispensável.

 

“Nós não podemos continuar acumulando essa dívida com o magistério gaúcho. O piso é um direito previsto em lei federal que está em vigor. Não é favor, mas sim uma obrigação pagá-lo. Portanto, uma das primeiras medidas será contatar o novo ministro da Educação, Cid Gomes, para que ele me receba em audiência, com a brevidade possível, pois vou solicitar o apoio e a parceria a fim de que o Rio Grande do Sul e os demais Estados e municípios, que passam por dificuldades financeiras, possam ter o aporte dos recursos federais necessários para honrar a lei do piso. Estou convencido de que a parceria com a União é indispensável”, explica o secretário.

 

Vieira também saudou o anúncio feito pela presidente Dilma, durante sua posse, do novo lema do governo federal: “Brasil, pátria educadora”.

Nesta sexta-feira, primeiro dia de trabalho, o secretário reuniu o grupo técnico que participou do processo de transição.

Vieira da Cunha

Formado em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Vieira da Cunha tem 54 anos e é membro do Ministério Público, aprovado em concurso. Já foi vereador da Capital, deputado estadual por três mandatos e deputado federal por dois mandatos. Desde 1981 é filiado ao PDT, justamente pelo compromisso que o partido tem com a educação. O novo secretário de Educação também presidiu o Departamento de Limpeza Urbana de Porto Alegre e a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE).

 

 

Fonte: site da SEDUC - RS 

 

 
 

 

 

 

 

Alunas da E.E.E.M Affonso Wolf, de Dois Irmãos, que participaram  da CIENTEC - Feira Internacional de Ciência e Tecnologia, em Lima, no Peru, entre os dias 17 e 21 de novembro. Elas foram premiadas com uma credencial para a feira EXPOSITAR, que ocorerrá em junho de 2015, na Argentina.

O título do projeto de pesquisa:

GREEN SHAPE: PRODUÇÃO DE SHAPES PARA SKATES REUTILIZANDO CAIXAS DE LEITE

 

Fonte: Colaboração da escola

 

 

 

FEIRA DE CIÊNCIAS DA  ESCOLA LEONARDO FRITZEN 

 

 

 

 

 

Escola Estadual José Emílio Poersch - BARÃO 

 

 

 

 

Delegação Brasileira participante da Feira Internacional de Educação, Ciência e Tecnologia - CIENTEC.
Lima / Peru.


Colégio Estadual Senador Alberto Pasqualini participando deste importante evento internacional, com o apoio do Governo Estadual que, por intermédio do Secretário de Educação José Clóvis de Azevedo, patrocinou a participação destes alunos.

 

Depoimento dos alunos:
Aqui passamos uma semana juntos. Foram alguns dos muitos momentos felizes que vivemos nesta viagem, que foi uma das grandes experiências de nossas vidas e que nos marcará para sempre. Com Gustavo Soares do Carmo, José Carlos Carrasco eFlávia Zandoá, participando da CIENTEC Lima - Peru, Mostra Científica Internacional na qual fomos premiados com o 1º lugar no nosso eixo temático e ganhamos a credencial para uma Mostra Científica na Bélgica. Também tiramos o 4º lugar geral da Cientec.

 

Mais fotos 

 

 Colaboração da Escola

 

 

 

 

Grupo de hip hop da escola Pedro Schuler expõe seu trabalho

 

  

A E.E. E. F. Pedro Schuler de Portão levou seus alunos do Mais Educação para se apresentarem na Semana da Consciência Negra da Escola E. E. F. Doutor Jorge Guilherme Moojen, localizada em Montenegro, no dia de hoje no turno da manhã.

Por intermédio da Coordenadora do projeto Mais Educação Fabiana Ferreira da Escola Pedro que é também professora na escola de Montenegro, um grupo de 14 alunos do Projeto fez uma bela apresentação chamando atenção de todos que estavam presentes.

O monitor de hip hop Adroaldo Amaral se sentiu muito orgulhoso com o grupo.

E valorizando a integração na hora do recreio os alunos por si formaram uma roda e ficaram demonstrando suas habilidades.

 

 Veja mais fotos 

Fonte: Colaboração da escola

 

 

 

Escola 19 de outubro de Ivoti engajada na preservação ambiental desenvolve projeto de coleta do óleo de cozinha

 No Brasil, a preservação e conservação ambiental é observada no artigo 225 da Constituição Federal de 1988. Todo tem direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo para as presentes e futuras gerações. Por outro lado, deve-se avaliar qual o volume de recursos extraídos da natureza e a destinação final dos resíduos que são gerados diariamente para atender às necessidades e aos desejos das pessoas. O fato é que a questão ambiental impõe desafios peculiares à gestão e às políticas públicas. A destinação que vem sendo dada aos óleos e gorduras saturados de estabelecimentos comerciais (como restaurantes, lanchonetes e similares) instalados nas áreas urbanas de Ivoti ou descartados pelos moradores, nem sempre é a correta.

Para tanto, com o objetivo de diminuir a poluição do meio ambiente, a Escola 19 de outubro na cidade de Ivoti, mais uma vez conseguiu atingir metas e bater recordes. Recolheu só no ano de 2014 cerca de 300 litros de óleo de cozinha saturado. "Conseguimos encaminhar o óleo para o destino certo, conscientizar a comunidade e ainda com o propósito de incentivar os alunos, organizar um passeio pedagógico em meio à natureza."

 

 

Fonte:  Colaboração da Escola - Prof. Ana Cláudia da Silva Triches

Para saber mais: http://cuidadocomogary.blogspot.com.br/

 

 

 

 

 

2ª CRE visita escolas e acompanha agendas em Taquara

 

Cimol realiza a 7ª Feintec

 

 

Fotos da 7ª FENTEC

 

Fotos do Museu de História da Tecnologia Harald Alberto Bauer

 

Fotos da Escola Willybaldo Samrsla

 

Fotos das Escolas: Linha Gonzaga, 27 de maio, Felipe Marx

 

 

 

 

 

 

MOSTRASENO/2014 

26/09/2014

     

 

5º EPEF da 2ª CRE

5º ENCONTRO DE PROFESSORES

DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 2ª CRE

                                                                                          

           Observatório

  Educação Física Escolar

 

            ESCOLA ABERTA 

 

 

              MAIS EDUCAÇÃO

 

             ESCOLA ABERTA

           PARA A CIDADANIA 

 

LINKS

 

SEDUC - Secretaria da Educação do RS