Bem-vindo/a ao nosso site



CALENDÁRIO ESCOLAR 2015


Início do Ano Escolar: 24 e 25 de fevereiro (Professores)
Início do Ano Letivo: 26 de fevereiro (Alunos)



 

Foto: Reunião  dia 04 e 05/02

 

Atribuição_02CRE.pdf (105838)


contatos_do _departamento_02CRE.pdf (103611)
 

 

 

 

EDITAL Nº01/2015

CADASTRO TEMPORÁRIO DE CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL

PROFESSOR

 

 

Inscrições para o Cadastro Temporário de Contratação Emergencial no período de 02 até 10 de fevereiro de 2015

Através do site www.educacao.rs.gov.br ou nas Coordenadorias  Regionais de Educação, no horário das 9h às 11h 30min e das 14h às 17h.

 

 




 

Reunião Administrativa / Pedagógica 2015 para os Diretores e ou Substitutos Legal das escolas da 2ª CRE

Assunto: orientações referentes ao início do ano letivo de 2015

Local:  TEATRO MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO - JUNTO À BIBLIOTECA PÚBLICA - RUA OSVALDO ARANHA , 934  -  CENTRO – SÃO LEOPOLDO

 

DIA 04.02.2015

QUARTA - FEIRA

 

TURNO: Manhã

HORÁRIO: 9 horas às 12 horas

 

ESCOLAS DOS MUNICÍPIOS :

 

IGREJINHA

LINDOLFO COLLOR

MORRO REUTER

NOVO HAMBURGO

PAROBÉ

PRESIDENTE LUCENA

SANTA Mª DO HERVAL

TAQUARA

TRÊS COROAS

 

TURNO: Tarde

HORÁRIO: 14 horas às 17 horas

 

ESCOLAS DOS MUNICÍPIOS :

 

ALTO FELIZ

BARÃO

BOM PRINCÍPIO

FELIZ

LINHA NOVA

POÇO DAS ANTAS

SALVADOR DO SUL

SÃO PEDRO DA SERRA

SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ

SÃO VENDELINO

TUPANDI

VALE REAL

 

DIA 05.02.2015

QUINTA-FEIRA

 

TURNO: Manhã

HORÁRIO: 9 horas às 12 horas

 

ESCOLAS DOS MUNICÍPIOS :

 

ARARICÁ

CAMPO BOM

DOIS IRMÃOS

ESTÂNCIA VELHA

IVOTI

NOVA HARTZ

SÃO LEOPOLDO

SAPIRANGA

 

TURNO: Tarde

HORÁRIO: 14 horas às 17 horas

 

ESCOLAS DOS MUNICÍPIOS :

BROCHIER

CAPELA DE SANTANA

HARMONIA

MARATÁ

MONTENEGRO

PARECI NOVO

PORTÃO

SÃO JOSÉ DO HORTÊNCIO

SÃO JOSÉ DO SUL

 

 

 

 

 

Um belo momento na Escola Estadual Kurt Walzer

 

 

Projeto “Comusa na Comunidade”  desenvolve ações socioambientais envolvendo crianças e adultos dos bairros Vila Diehl e São José, no pátio da Escola Estadual de Ensino Fundamental Kurt Walzer, em Novo Hamburgo.

 

Confira nos links abaixo:

 

http://www.comusa.rs.gov.br/index.php/noticia-477/acoes-socioambientais-atraem-a-comunidade--nos-bairros-vila-diehl-e-sao-jose

 

http://an.novohamburgo.rs.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=66528&tit=Acoes-socioambientais-atraem-a-comunidade-nos-bairros-Vila-Diehl-e-Sao-Jose

 

http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2015/01/noticias/regiao/123894-projeto-da-comusa-une-conscientizacao-ambiental-a-atividades-para-adultos-e-criancas.html

 

 

Fonte: Colaboração da Escola

 

 

 

 

 

Seduc realiza reunião geral com coordenadores regionais de Educação

 

Foto da Notícia

Por dois dias seguidos, os 30 coordenadores regionais de Educação estão em Porto Alegre para uma reunião com o secretário Vieira da Cunha, com os diretores dos departamentos e entidades.

Empossados em 12 de janeiro, os novos coordenadores estão sendo informados dos procedimentos de cada área e recebendo orientações sobre o início do ano letivo.

Nesta terça-feira, a abertura da reunião foi feita pelo secretário, que acompanhou a atividade durante todo o dia. Além das palestras feitas pelas direções dos departamentos de Planejamento, Recursos Humanos e Logística, houve a participação da presidente do Conselho Estadual de Educação do Rio Grande do Sul  (CEEd/RS), Cecília Farias.

Nesta quarta-feira, as atividades no auditório Paulo Freire continuam. Estão previstas palestras dos departamentos Pedagógico, de Articulação com os Municípios, Administrativo, da Superintendência da Educação Profissional do Estado e do Ministério Público.

 

Fonte site da SEDUC - RS - 27/01/2015

 

 

 

Escolas públicas e privadas devem informar o movimento e rendimento dos alunos

 

A partir da segunda-feira, 2 de fevereiro, as escolas de Educação Básica do Rio Grande do Sul devem lançar, no sistema Educacenso, as informações relativas aos dados de  movimento (transferidos, deixaram de frequentar e falecidos) e rendimento (aprovados ou reprovados) de cada um de seus alunos em relação ao período letivo de 2014, conforme Portaria nº 105, de 13 de março de 2014.

O envio das informações é realizado anualmente, por escolas públicas e privadas, e são referências para dados importantes sobre a Educação brasileira.

Estes dados são fundamentais para termos conhecimento do rendimento escolar dos estudantes da Educação Básica, para o acompanhamento das metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), e para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que são indicadores importantes para balizar ações na melhoria do ensino brasileiro. A escola que não encaminhar esses dados não participará dos indicadores educacionais.

Fique atento aos prazos:
• Abertura do Módulo Situação do Aluno: 02/02/2015
• Encerramento da Coleta: 20/03/2015
• Disponibilização dos relatórios para gestores: 30/03/2015
• Reabertura do Módulo para conferência: de 30/03 a 15/04/2015
• Divulgação Final do Rendimento: 30/04/2015

Mais informações:
Departamento de Planejamento - (51) 3288-4866 / 4928 / 4835 ou estatísticars@inep.gov.br

Clique aqui para realizar o envio dos dados a partir de 2 de fevereiro

 

 

Fonte site da SEDUC - RS - 27/01/2015

 

 

 

 

 

 

Certificado com base no resultado do Enem pode ser solicitado nas CREs

 

A partir desta terça-feira, os estudantes que realizaram a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2014, já podem solicitar o seu certificado.

O documento pode ser retirado na Coordenadoria Regional de Educação (CRE) mais próxima. Na inscrição do exame, o estudante opta por solicitar o certificado na Secretaria Estadual da Educação (Seduc), mas não é necessário deslocar-se até a Capital.

Alunos que obtiveram o mínimo de 450 pontos em cada área do conhecimento e 500 na redação têm direito ao certificado de conclusão do Ensino Médio. São disponibilizados também certificados parciais. O resultado do Enem pode ser conferido no site do Inep (inep.gov.br), com o CPF e a senha individual.

É importante lembrar que, na Seduc, o certificado não é emitido na hora da solicitação. O documento fica pronto após um prazo de 20 dias*. Conforme a demanda, senhas serão distribuídas para o atendimento na Capital. O prazo para emissão dos certificados nas CREs dependerá de cada coordenadoria.

Para solicitar o certificado, o estudante deve ter nascido até 8 de novembro de 1996 e precisa ter em mãos RG e CPF.

Mais informações:

Departamento Pedagógico da Seduc
Fone: (51) 3288-4788
E-mail: exames-supletivos@seduc.rs.gov.br
Atendimento na Capital: das 8h30min ao meio-dia e das 13h30min às 18h

Veja a localização das CREs 

 

OBS: *Na 2ª  Coordenadoria de Educação (2ª CRE) o prazo para emitir o documento é de 30 dias.

 

Fonte site da SEDUC - RS

 

 

 

 

Foto da Notícia

Preservação de escolas no campo é tema de encontro na Seduc

 

Vistas como fundamentais para manter vivas as comunidades do Interior, as escolas nortearam a conversa entre o secretário da Educação, Vieira da Cunha, e representantes do Comitê Estadual de Educação do Campo, na tarde desta terça-feira.

Conforme a entidade, 90% dos jovens que passam pelas Casas Familiares Rurais (CFRs) permanecem nas propriedades após a formação. Por isso, o Comitê busca a parceria da Seduc para manter e valorizar as Escolas Famílias Agrícolas (EFAs) e as escolas comunitárias. O grupo, que reúne 28 entidades e tem quatro representantes da Seduc, busca regulamentar a lei que assegura a educação como um direito para quem mora no campo ou em assentamentos.

O secretário garantiu apoio ao Comitê e confirmou uma reunião para o dia 11 de março, em que será debatida a política de educação do campo e será feito o planejamento anual, com definição da nova presidência, hoje a cargo de José Valdir da Silva. Uma das principais preocupações do grupo, a possibilidade de fechamento de escolas, foi totalmente descartada por Vieira. “Serei o primeiro a impedir. Já disse e repito: não vim para fechar escola, vim para abrir”, reiterou o secretário.

No encontro, também foi incentivada a aproximação das universidades com os professores, na intenção de fornecer cursos para melhorar a formação e o fortalecimento das escolas técnicas agrícolas.

 

Fonte site da SEDUC - RS

 

 

 

A Coordenadora empossada no dia 12 de janeiro, Helenise Ávila Juchem se apresentou e falou da satisfação de voltar a casa onde atuou entre 2003 e 2006, e de iniciar mais essa jornada contando com apoio de todos.  

 

 

 

 

Vieira dá posse aos novos coordenadores regionais da Educação

 

Em solenidade na Praça de Eventos da Secretaria da Educação, o secretário Vieira da Cunha empossou, na tarde desta segunda-feira, 29 coordenadores regionais de educação. Além deles, os coordenadores adjuntos também assumiram os cargos.

A cerimônia contou com a presença do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, de vereadores, deputados estaduais e federais. O senador eleito Lasier Martins também participou do ato, que teve grande presença de servidores da secretaria e dos novos coordenadores.

Em discurso, Vieira salientou a importância da missão assumida pelos novos representantes das CREs. “As coordenadorias regionais são uma peça-chave na nossa estratégia. Não podemos administrar o Estado, com toda a complexidade que ele tem, aqui de Porto Alegre. Precisamos ter pessoas em contato com a comunidade, com as famílias, e eles são nossos representantes. Temos a convicção de que selecionamos quadros preparados para que nossos projetos possam atender a comunidade escolar”, disse Vieira.

Logo após a solenidade, o secretário convocou o grupo de coordenadores titulares e adjuntos para a primeira reunião de trabalho, na Sala Paulo Freire. Conforme Vieira, a interação entre os coordenadores e diretores de departamento da Seduc será fundamental para que a secretaria possa agilizar as demandas e receber bem a comunidade escolar no final de fevereiro.

Abaixo, confira os nomes e perfis dos novos coordenadores:

1ª CRE – PORTO ALEGRE
Coordenadora: Sônia D’Avila
Ex-secretária municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana de Porto Alegre, Sônia D’Avila é bacharel em administração e tecnóloga em Administração Pública.

2ª CRE – SÃO LEOPOLDO
Coordenadora: Helenise Juchem
Graduada em Educação Física pela UFRGS, tem especialização em Gestão Escolar pela Universidade Castelo Branco. A professora já ocupou o cargo de coordenadora da 2ª CRE entre 2003 e 2006 e tem experiência na administração de escolas e da rede pública estadual. Entre 2007 e 2008, ocupou o cargo de secretária de Cultura, em Novo Hamburgo.

3ª CRE - ESTRELA
Coordenador: Nelson Paulo Backes
Professor estadual há mais de três décadas, Nelson Paulo Backes é formado em Ciências Físicas pela UNISC. Por quatro mandatos seguidos, foi diretor da Escola Estadual de Ensino Médio Guararapes, localizada no município de Arroio do Meio. Ao longo da carreira de professor, também deu aulas em escolas particulares.
Nelson já exerceu diversos cargos públicos, como o de vereador, secretário municipal de Administração, de Obras e da Agricultura. Entre os anos de 1993 e 1996, foi prefeito de Arroio do Meio e hoje ocupa o cargo de vice-presidente do PDT na cidade.

4ª CRE – CAXIAS DO SUL
Coordenador: Paulo Fernando Périco
Formado em História e em Direito, é mestre em Administração pela PUC e pós-graduado em História e Marketing.

5ª CRE - PELOTAS
Coordenador: Antônio Carlos Barum Brod
Graduado em Direito pela Universidade Católica de Pelotas e em Licenciatura em Disciplinas Especializadas pela Universidade Federal de Pelotas, é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul Riograndense. Representa o MEC no Conselho Administrativo do Senac-RS, onde é conselheiro titular.

6ª CRE – SANTA CRUZ DO SUL
Coordenador: Luiz Ricardo Pinho de Moura
Formado em Estudos Sociais pela UNISC, tem especialização em Organização Social e Política Brasileira e em História. É pós-graduado em Métodos e Técnicas de Ensino e em Gestão Escolar. Desde 2013, ocupa o cargo de secretário municipal de Educação e Cultura na prefeitura de Pantano Grande.

7ª CRE – PASSO FUNDO
Coordenador: Santos Olavo Misturini
Formado em Pedagogia pela UPF, possui pós-graduação em Alfabetização e Gestão  Escolar. Sua experiência profissional inclui 32 anos como professor no Ensino Fundamental e 24 anos como professor universitário. Foi secretário municipal de Educação em Passo Fundo e Ernestina.

8ª CRE – SANTA MARIA
Coordenadora: Iara Regina Druzian
Formada em Letras habilitação em Inglês, é pós-graduada em Educação pela UFSM. Foi professora do Instituto de Educação Olavo Bilac e coordenou Feiras do Livro em Santa Maria. Já desenvolveu a atividade de presidente-fundadora da Associação dos Professores de Línguas Estrangeiras de Santa Maria e Região.

9ª CRE – CRUZ ALTA
Coordenadora: Aline Bucco Bilibio
Formada em Educação Física e pós-graduada em Bases Metodológicas e Fisiológicas do Treinamento Físico, com ênfase em Obesidade Infantil a Atividade Física, a professora faz parte do magistério municipal de Cruz Alta. Desde 2010, é coordenadora e professora em projetos sociais das secretarias municipais de Cultura e Educação.

10ª CRE - URUGUAIANA
Coordenadora: Sara Eliseth Duzac Cardoso
Formada em História e Artes pela PUCRS, a professora é pós-graduada em Educação. Já foi coordenadora da 10ª CRE e diretora de escolas estaduais e municipal de Uruguaiana.

11ª CRE - OSÓRIO
Coordenador: Gil José Davóglio
Foi secretário municipal de Educação por sete anos, onde atuou na reabertura e construção de novas escolas, na implementação de projetos incluindo a proposta do turno integral e nos esforços para levar à cidade um campus do Instituto Federal.

12ª CRE - GUAÍBA
Coordenadora: Débora Luz da Rocha
Com formação em Pedagogia pela Unisinos, a professora está na rede estadual desde 1998. Há três anos, exerce a função de docente nos anos iniciais do Ensino Fundamental na prefeitura de Guaíba.

13ª CRE - BAGÉ
Coordenador: Aristides Costa
Pós-graduado na área da Educação, foi prefeito de Lavras do Sul por duas vezes (1993-1996 e 2001-2004) e recebeu o Prêmio Top de Atuação Pública e o certificado de Prefeito Empreendedor pelo Sebrae-RS.

14ª CRE – SANTO ÂNGELO
Coordenadora: Tania Rosana Matos Santiago
Formada em Ciências Físicas e Biológicas, com habilitação para Ensino Fundamental e Médio, e em Matemática, com habilitação para Ensino Médio, foi coordenadora adjunta da 14ª CRE entre 2011 e 2014. A professora ingressou na rede estadual em 1979 e deu aulas em escolas de São Luiz Gonzaga e Santo Ângelo.

15ª CRE - ERECHIM
Coordenadora: Zenaide D’Agostini Bazzotti
Formada em Letras, foi professora da rede estadual por 24 anos. De 2001 a 2012, foi vereadora e, entre 2005 e 2007, assumiu o cargo de secretária municipal de Saúde.

16ª CRE – BENTO GONÇALVES
Coordenador: Leonir Rasador
Graduado em Letras, é professor de português e inglês e possui pós-graduação em letras. Foi secretário de Educação, vice-prefeito e prefeito de Monte Belo do Sul.  Como está em tratamento de saúde, assumirá em fevereiro. Durante o período, a coordenadora adjunta será responsável pela 16ª CRE.

17ª CRE – SANTA ROSA
Coordenadora: Roseli Fuhr Schaefer
Professora da rede municipal há 27 anos e, há cinco anos, é diretora da Escola Municipal Marquês do Herval. Foi também supervisora de educação da secretaria municipal de Santa Rosa.

18ª CRE – RIO GRANDE
Coordenadora: Janete Cardoso Pinto
Formada em Estudos Sociais pela FURG, Janete Cardoso Pinto tem pós-graduação em Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes pela USP e também no tema Rio Grande do Sul: Sociedade, Política e Cultura. Atualmente, é diretora da Escola Estadual Alcides Barcelos.

19ª CRE – SANTANA DO LIVRAMENTO
Coordenadora: Gislaine Gisler Grecelle
Graduada em Pedagogia, com pós em Supervisão Escolar e Classe Especial, a professora aposentada é atualmente presidente da Associação das Mulheres Empreendedoras de Livramento. Ao longo da carreira, foi coordenadora adjunta da 19ª CRE.
20ª CRE – PALMEIRA DAS MISSÕES
Coordenadora: Ana Possebon Perusso
Formada em Estudos Sociais, licenciatura em Geografia, exerceu atividades em diversas CREs, como as de Santo Ângelo e Palmeira das Missões. Atualmente, integra o Conselho Municipal de Educação de Palmeira das Missões e é presidente da Ação da Mulher Trabalhista.

21ª CRE – TRÊS PASSOS
Coordenador: Clovis Baraldi Machado
Advogado e Jornalista, já foi secretário municipal de Administração, em Campo Novo e São Leopoldo, e de Obras, em Três Passos. Também trabalhou como chefe de gabinete no governo Colares e como assessor parlamentar por seis anos na Assembleia Legislativa.

23ª CRE - VACARIA
Coordenadora: Gilvana Rissardi Baldin
Formada em Ciências Sociais, possui pós-graduação na área e em Supervisão Escolar. É funcionária municipal desde 1998 e do Estado desde 2000. Foi secretária municipal adjunta da Educação entre 2005 e 2006 e titular da pasta nos anos de 2007 e 2008. Atualmente, é diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental Jardim América.

24ª CRE – CACHOEIRA DO SUL
Coordenadora: Julieta Aparecida de Oliveira Pereira Prestes
Formada em Letras, habilitação Português, Francês e Respectivas Literaturas, possui pós-graduação em Pedagogia Gestora. Ingressou no magistério estadual em 1981 e atualmente exerce funções como a de supervisora escolar do Curso Técnico em Contabilidade e é responsável pela organização dos planos de estudos do Ensino Fundamental de nove anos no Colégio Estadual Diva Costa Fachin.

25ª CRE - SOLEDADE
Coordenadora: Margarida da Silva Chitolina
Com formação em Literatura e Língua Portuguesa pela Unijui, foi secretária municipal da Educação em Fontoura Xavier por seis anos. Também atuou como delegada de Educação e é atual presidente do PDT da cidade.

27ª CRE - CANOAS
Coordenadora: Stela Steyer
Formada em Pedagogia pela Unilasalle e pós-graduada em Projetos Sociais e Culturais pela UFRGS, Stela Steyer coordenou a Feira do Livro de Canoas no último ano.

32ª CRE – SÃO LUIZ GONZAGA
Coordenadora: Josefina Adams de Moraes
Formada em História pela URI Santo Ângelo, é coordenadora pedagógica da Escola Estadual de Ensino Médio Professora Teresinha Medeiros Schneider. Por dois anos, foi coordenadora adjunta da 32ª CRE.

35ª CRE – SÃO BORJA
Coordenadora: Tânia Maria Almeida Guerreiro
Formada em Pedagogia, foi coordenadora da 35ª CRE entre 2003 e 2006. Exerceu também a direção, vice-direção e supervisão pedagógica em escolas estaduais do município.

36ª CRE - IJUÍ
Coordenador: Claudio da Cruz de Souza
Formado em Pedagogia, com habilitação em Supervisão e Orientação Escolar, foi diretor pedagógico do Instituto Municipal de Educação e Ensino Assis Brasil e do Colégio Positivo. Na 36ª CRE, foi coordenador pedagógico e regional entre os anos de 2003 e 2006.

39ª CRE - CARAZINHO
Coordenador: Sandra Denise Bandeira Guerra
Integrante do atual setor de Recursos Humanos da 39ª CRE, a professora é formada em Matemática, com especialização na área e em Pedagogia Gestora: Administração, Supervisão Orientação.Também é conselheira municipal de Educação.

 

 

Fonte: site da SEDUC - RS

 

 

 

 

 

Governador Sartori e secretário Vieira visitam o CPERS

 

O governador José Ivo Sartori e o secretário de Educação, Vieira da Cunha, estiveram reunidos no fim da manhã desta quarta-feira com a direção do CPERS Sindicato. O encontro serviu para sinalizar a postura de diálogo que o novo governo terá com a categoria.

"Do nosso lado não haverá nenhum preconceito contra o CPERS, e esperamos que também não tenham conosco", disse o governador, reafirmando que pretende ouvir sempre a opinião da categoria durante qualquer processo de construção.

Adotando a mesma linha de Sartori, Vieira pediu a parceria dos educadores.

“Nós entendemos que na luta que vamos empreender para elevar o nível da educação pública do Estado, a parceria com os professores é imprescindível. Então, a vinda do próprio governador do Estado é uma demonstração de que nós não abrimos mão desta parceria e desse entendimento com a categoria”, disse Vieira.

A presidente do CPERS, professora Helenir Oliveira, fez aos dois uma série de questionamentos. O principal deles foi a respeito do decreto assinado pelo governador, que restringe gastos em função da delicada situação financeira do Estado.

“O governador tranquilizou a categoria e reafirmou que a educação trata-se de uma área prioritária e o decreto prevê a excepcionalidade. Como secretário da Educação vou levar ao governador as nossas carências e, evidentemente que se elas estiverem bem demonstradas, o governador não deixará de dar a sua autorização, tanto para o chamamento de concursados, quanto para eventuais contratações emergenciais que sejam necessárias”, afirmou Vieira, que incluiu também na pauta de possíveis excepcionalidades os convênios firmados pela educação.

Sobre o reajuste de 13,01% no piso nacional do magistério, anunciado nesta terça-feira (06) pelo governo federal, Vieira expôs detalhes da reunião que teve em Brasília com o ministro da Educação, Cid Gomes.

“Eu disse para o próprio ministro que não haverá saída para o pagamento do piso, dadas as condições financeiras do Estado, sem o aporte de recursos federais. Os outros secretários foram solidários com a posição do Rio Grande do Sul, porque eventualmente aqueles que hoje estão pagando, amanhã poderão ter as mesmas dificuldades que nós estamos atravessando. Nós queremos que a União aporte os recursos necessários para o cumprimento da lei. O ministro da Educação disse que recebia como pleito, mas que não poderia neste momento nos dar retorno. Ele também está assumindo agora e é natural que não tenha uma resposta pronta para esta reivindicação dos secretários de educação de todo o país”, explicou Vieira.

Nos próximos dias, Vieira e o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, irão avaliar a repercussão financeira do reajuste, para estudar uma proposta que será enviada à categoria.

Sobre a situação dos concursados, o secretário frisou que haverá prioridade para a nomeação dos aprovados em concurso público.

“Devemos aguardar o fim do período das matrículas para fazer um balanço geral, verificar eventuais carências e supri-las, dando prioridade aos concursados. Quem fez o concurso público terá prioridade. Se o banco não suprir a carência, vamos lançar mão dos contratos. O que não vai acontecer é deixar crianças sem o atendimento adequado, pois elas têm o direito à educação assegurado pela constituição, o que será por nós respeitado”, afirmou.

 

 

Fonte: site da SEDUC - RS

 

 

 

 

Em Brasília, Vieira participa de debate sobre reajuste do piso do magistério

 

O secretário da Educação do Rio Grande do Sul, Vieira da Cunha, participou nesta terça-feira de uma reunião no Ministério da Educação, em Brasília, para discutir diversos assuntos relacionados à pasta.

Durante a reunião com o ministro Cid Gomes, na qual estiveram presentes 23 dos 27 secretários de Estado de Educação do país, Vieira reivindicou que a União complemente os recursos necessários ao pagamento do piso, uma vez que o Rio Grande do Sul, assim como a maioria dos estados, não tem condições de cumprir o reajuste de 13,01% que deve ser anunciado pelo MEC amanhã.

"Todos nós queremos e gostaríamos de dar um reajuste como este, mas, infelizmente, a situação que encontramos nos cofres públicos não nos permite fazê-lo com recursos próprios", disse Vieira.

O secretário afirmou ainda que é necessário discutir os critérios da Lei do Piso para viabilizar o auxílio da União aos estados, como é o caso do Rio Grande do Sul, que vivencia dificuldades orçamentárias. Vieira é autor de um projeto de lei que altera o artigo 4 da Lei do Piso, obrigando o governo federal a repassar recursos aos estados e municípios que não consigam honrar o pagamento do piso aos professores.

Outros assuntos abordados na reunião foram os critérios de avaliação do Ensino Médio e a prioridade às escolas de tempo integral. Vieira também convidou o ministro Cid Gomes para conhecer a realidade do Estado. A data da visita ainda não foi agendada.

 

Fonte: site da SEDUC - RS

 

 

 

 

 

Vieira dá posse a sete diretores de departamento da Seduc

 

O secretário de Educação Vieira da Cunha deu posse no fim da tarde desta segunda-feira a sete diretores de departamento. A solenidade ocorreu na Praça de Eventos da secretaria. O professor universitário Eloí Flôres, que assumiu o cargo de Diretor Superintendente de Educação Profissional (Suepro), também ocupa interinamente o cargo de secretário adjunto.


Eloí já ocupou o cargo de diretor técnico do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/RS) e foi secretário de Planejamento de Canoas. É engenheiro agrônomo, com mestrado em Administração. O professor possui ainda especialização em diversas áreas, como Economia (IEPE/UFRGS), Planejamento e Desenvolvimento Regional Integrado (FAO/ONU), Processos Pedagógicos e Gestão de Processos Educacionais e Acadêmicos, entre outras.


A professora Leila Schaan foi empossada diretora do Departamento Pedagógico. Graduada em letras com pós-graduação em psicopedagogia, Leila foi coordenadora de Educação da 1ª CRE (Porto Alegre) durante o governo de Germano Rigotto e coordenadora adjunta da 13ª CRE (Bagé) durante a gestão de Alceu Collares. Foi também coordenadora de Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana de Porto Alegre.


A professora Carmen Figueiró assume o Departamento de Recursos Humanos. Formada em Pedagogia e especializada em Ciências da Educação, Carmem foi Coordenadora de Educação da 24ª CRE (Cachoeira do Sul) em duas oportunidades e secretária de Educação de Cachoeira do Sul. Por duas vezes dirigiu o Departamento de Planejamento da Secretaria da Educação, foi diretora de Recursos Humanos entre 2007 e 2009 e secretária substituta de Educação durante o ano de 2006.


Iara Wortmann, que é professora, ex-deputada estadual e ex-secretária da Educação, assume o Departamento de Planejamento. Formada em Pedagogia e especialista em supervisão educacional, Iara também é membro do Conselho Estadual de Educação. Foi secretária adjunta da Casa Civil e Chefe de Gabinete no Governo Yeda. Na Capital, foi assessora de Políticas para Criança e Adolescente na Secretaria de Governança, durante o primeiro mandato de José Fortunati.


Marcelo Verlindo é o novo Diretor Administrativo da pasta. Advogado e Tenente Coronel da Reserva da Brigada Militar, ele foi Comandante Regional de Polícia Ostensiva e comandante do CRPO Centro-Sul. Também exerceu o cargo de secretário de Saúde em Eldorado do Sul. Verlindo possui especialização em Administração e Recursos Humanos e é professor universitário.


O responsável pelo Departamento de Articulação com os Municípios é Itamar Baptista Chagas, que estava exercendo o cargo de Secretário de Administração e Desenvolvimento em São Luiz Gonzaga. Graduado em Estudos Sociais, Itamar possui mestrado e doutorado em educação. Ele já foi vereador e presidente da Câmara nos municípios de Roque Gonzales e São Luiz Gonzaga.


Paulo Ricardo Javiel Rezende é o novo Diretor de Logística e Suprimento. Ele é graduado e pós-graduado em Educação Física, e mestrando em educação. Antes de ser anunciado na Secretaria de Educação, coordenava a Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa. Foi secretário de Educação, Cultura e Desporto de Pinheiro Machado e secretário adjunto de Educação em Mato Leitão. Durante o Governo Yeda, foi Diretor de Articulação com os Municípios, Diretor Geral e secretário adjunto de Educação.

 

 

Fonte: site da SEDUC - RS 

 

 

 

 Vieira e Sartori acompanham abertura do período de matrículas da rede estadual de ensino

 

O governador José Ivo Sartori e o secretário da Educação, Vieira da Cunha, estiveram na manhã desta segunda-feira (05) na Escola Estadual de Ensino Fundamental Alvarenga Peixoto, acompanhando a abertura do período de matrículas da rede estadual de ensino. Sartori e Vieira foram recebidos pela diretora da escola, Kátia Elisabeth Schirmer, e pela supervisora Dóris Terezinha César Alves.

"Sabemos que a educação tem um papel muito importante na vida das famílias, dos professores, dos alunos e da comunidade”, afirmou o governador, ressaltando que é uma aspiração do Governo “construir uma realidade na qual a comunidade se apodere das escolas e colabore com os professores, com a direção e com os pais”.


Segundo o secretário Vieira da Cunha, a expectativa é de que o período de matrículas transcorra dentro da normalidade e que a rede consiga atender a todas as demandas. “Faremos tudo para que a rede esteja em condições de bem atender a comunidade escolar. A educação é uma área essencial e os investimentos (nessa área) não vão parar”, garantiu.

Localizada na Ilha Grande dos Marinheiros, a Escola Alvarenga Peixoto conta com cerca de 700 estudantes do Ensino Fundamental e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA).


Escola Estadual Paula Soares e Instituto de Educação


À tarde, os dois voltaram a visitar outro colégio, desta vez, a Escola Estadual Paula Soares, no Centro Histórico de Porto Alegre. Eles foram recebidos pelo diretor, Luiz dos Santos Diefenthaler, e demais membros da comunidade escolar, que já recepcionavam pais e estudantes para encaminhamento de matrícula.


Diante da localização e acesso – no Centro da Capital – a procura por vagas para os ensinos Fundamental e Médio já era crescente. Na conversa com a diretoria, o governador avaliou a questão estrutural da rede de ensino, que tem os recursos provenientes para reformas centralizados para uma mesma finalidade. "Cada escola tem sua particularidade, então é preciso dar agilidade, desde os processos mais simples até a criação de convênios, para atender a comunidade escolar", apontou.


Após a ida à Escola Paula Soares, eles seguiram para o Instituto de Educação General Flores da Cunha, no bairro Bom Fim, uma das mais antigas e tradicionais instituições de ensino da Capital e do Estado, com mais de 2 mil alunos. Na visita, acompanharam de perto a preparação para as obras de restauro do prédio, que devem se iniciar neste ano.


Serviço


As matrículas na rede estadual de ensino seguem até 13 de janeiro, na escola para a qual o candidato foi designado durante o prazo de inscrições, em outubro passado. Neste mesmo período – de 5 a 13 de janeiro de 2015 –, devem ser solicitadas as transferências no Ensino Fundamental – 2º ao 9º ano ou 1º, 2º e 3º ciclo, pelo site da Secretaria da Educação. Os candidatos designados farão matrícula entre os dias 23 e 30 de janeiro de 2015.


Pedidos de transferência do 2º e 3º anos do Ensino Médio, do Curso Normal (Magistério) e da Educação Profissional devem ser feitos diretamente na escola desejada, também entre esta segunda-feira (05) e 13 de janeiro. No mesmo período, devem ser efetuados os pedidos de ingresso na Educação Infantil e na Educação de Jovens e Adultos, ambos diretamente na escola de interesse dos pais ou do candidato.

O calendário de matrículas na rede estadual para 2015 está em andamento desde o início de outubro. A rematrícula dos estudantes já inscritos nas escolas estaduais ocorreu em outubro, assim como a inscrição para ingresso no 1º ano ou 1º ciclo do Ensino Fundamental e 1º ano do Ensino Médio Politécnico, Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio, Curso Normal (Magistério) e cursos técnicos subsequentes, cujas matrículas estão sendo feitas agora.

 

 

Fonte: site da SEDUC - RS

 

 

 

Vieira assume a Educação com o compromisso de reestruturar a rede e implantar gradualmente o turno integral

 

 

Empossado nesta quinta-feira pelo governador José Ivo Sartori, Vieira da Cunha assume a Secretaria Estadual da Educação com os desafios de melhorar a qualidade do ensino e implantar gradualmente o turno integral na rede pública do Estado.

Para isso, o novo secretário acredita ser necessário tomar um conjunto de medidas, que passam pela parceria entre o governo do Estado, governo federal, municípios, professores, funcionários de escolas e também pelas famílias de alunos. Outro ponto indispensável é a melhoria na infraestrutura da rede.

“Temos que preparar as escolas para a realidade do século XXI, dotá-las de recursos tecnológicos, para que as nossas crianças tenham um aprendizado de qualidade”, afirma Vieira.

Outro compromisso do novo secretário é com o ensino de turno integral. O começo deverá ser pelos CIEPs, as escolas projetadas e construídas durante o governo Collares para funcionarem em tempo integral, e que hoje, exceto a unidade de Canela, funcionam de forma convencional.

 

“São escolas que já têm a concepção arquitetônica e o espaço necessário para funcionarem em tempo integral. Nós vamos, imediatamente, consultar essas comunidades para que, a partir do ano letivo de 2016, possamos retomar o funcionamento dos CIEPs de acordo com o projeto original”, adianta Vieira.

 

Outra meta é a qualificação continuada do quadro de professores, com cursos de formação que aprimorem o corpo docente. Vieira também perseguirá o pagamento do piso do magistério, e classifica a parceria com a União como ponto indispensável.

 

“Nós não podemos continuar acumulando essa dívida com o magistério gaúcho. O piso é um direito previsto em lei federal que está em vigor. Não é favor, mas sim uma obrigação pagá-lo. Portanto, uma das primeiras medidas será contatar o novo ministro da Educação, Cid Gomes, para que ele me receba em audiência, com a brevidade possível, pois vou solicitar o apoio e a parceria a fim de que o Rio Grande do Sul e os demais Estados e municípios, que passam por dificuldades financeiras, possam ter o aporte dos recursos federais necessários para honrar a lei do piso. Estou convencido de que a parceria com a União é indispensável”, explica o secretário.

 

Vieira também saudou o anúncio feito pela presidente Dilma, durante sua posse, do novo lema do governo federal: “Brasil, pátria educadora”.

Nesta sexta-feira, primeiro dia de trabalho, o secretário reuniu o grupo técnico que participou do processo de transição.

Vieira da Cunha

Formado em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Vieira da Cunha tem 54 anos e é membro do Ministério Público, aprovado em concurso. Já foi vereador da Capital, deputado estadual por três mandatos e deputado federal por dois mandatos. Desde 1981 é filiado ao PDT, justamente pelo compromisso que o partido tem com a educação. O novo secretário de Educação também presidiu o Departamento de Limpeza Urbana de Porto Alegre e a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE).

 

 

Fonte: site da SEDUC - RS 

 

 
 
 

 

 

 

 

Alunas da E.E.E.M Affonso Wolf, de Dois Irmãos, que participaram  da CIENTEC - Feira Internacional de Ciência e Tecnologia, em Lima, no Peru, entre os dias 17 e 21 de novembro. Elas foram premiadas com uma credencial para a feira EXPOSITAR, que ocorerrá em junho de 2015, na Argentina.

O título do projeto de pesquisa:

GREEN SHAPE: PRODUÇÃO DE SHAPES PARA SKATES REUTILIZANDO CAIXAS DE LEITE

 

Fonte: Colaboração da escola

 

 

 

FEIRA DE CIÊNCIAS DA  ESCOLA LEONARDO FRITZEN 

 

 

 

 

 

Escola Estadual José Emílio Poersch - BARÃO 

 

 

 

Resultados do Encceja 2014 estão disponíveis no site do Inep

Os resultados do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional) já 2014 podem ser consultados no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) – www.inep.gov.br. Também estão disponíveis os resultados do exame para pessoas privadas de liberdade e para jovens sob medidas socioeducativas (Encceja PPL), assim como aqueles que fizeram a prova no exterior.

O exame é realizado desde 2002 para os jovens e adultos residentes no Brasil e fora do país. O objetivo é promover a certificação de pessoas que não concluíram os estudos na idade apropriada. A participação é voluntária e gratuita.

Para obter o certificado do ensino fundamental é necessário ter no mínimo 15 anos de idade completos na data de realização das provas. Para quem deseja obter o de ensino médio é necessário ter no mínimo 18 anos completos.

O participante pode solicitar o aproveitamento dos resultados de uma ou mais áreas de conhecimento avaliadas, em quaisquer edições anteriores, para fins de certificação.

 

 

Fonte: Site da SEDUC

 

 

 

 

O que determina o sucesso na gestão da educação?

Foto: Alunos do Colégio Pasqualini recebendo a premiação do Presidente da Cientec (Lima-Peru), Senhor Atílio Buendía.   

 

O que determina o sucesso de uma gestão é, em parte, a concretude das estatísticas: a quantidade de obras realizadas, os valores investidos em bens permanentes e de consumo, o número de recursos humanos contratados, o número de horas destinadas a qualificação dos funcionários, entre outros indicadores. Isso se aplica à gestão em qualquer área, inclusive na educação. A Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul (Seduc/RS), nos últimos quatro anos, realizou um investimento financeiro histórico, recuperou as estruturas físicas das escolas, contratou milhares de professores por meio de concurso público, aumentou salários e atualizou promoções, aumentou as verbas das escolas e investiu em formação continuada dos servidores. Esse legado é tangível, basta circular pelas escolas para conferir. As estatísticas são sempre um argumento contundente, pois contra dados concretos não há contra-argumento, como rezam os princípios básicos da lógica.

Contudo, há indicadores de sucesso que passam por um viés difícil de quantificar: o viés das subjetividades. Atingir esse tipo de sucesso não é para todos os gestores, pois não basta ter noções firmes de economia e de administração: é preciso ter noções de humanidade. Para isso, é preciso, antes de qualquer coisa, manter os pés fincados na realidade sócio-histórica e ter a vontade política de mudar aquilo que atrasa o empoderamento de cada cidadão. Dizer que o empoderamento passa pela educação já virou clichê, lugar comum, a grande questão que se coloca é “que tipo de educação” é necessária para que se alcance o sucesso, tanto coletivo quanto pessoal.

Essa pergunta sobre o tipo de educação que se precisa permeou todas as ações da Seduc no último período. Por isso, muito além de maciços investimentos financeiros, foram realizados profundos investimentos na reestruturação curricular. A mudança, ninguém nega, era necessária, porém exigia coragem e convicção epistemológica. Para os mais céticos, também já há números para mensurar essa mudança: o RS passou do nono ao segundo lugar no ranking nacional dos Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Na 2ª Coordenadoria Regional de Educação, foram promovidas jornadas de formação intensa com os professores, processo em que alguns paradigmas foram questionados e novas possibilidades foram se consagrando. Princípios como a interdisciplinaridade, a pesquisa socioantropológica, a investigação científica e a avaliação emancipatória passaram a gerar conhecimentos significativos e contextualizados, alterando a função social da escola.

Foto: Alunos da Escola do Campo Marquês do Herval, premiados na  Mostratec Júnior, em Novo Hamburgo, com a coordenadora da 2ª CRE, Marinês Pariz.

  

Alunos e professores começaram a fazer pesquisas e a se maravilhar com o potencial transformador da investigação científica. Participações em eventos e feiras levaram o trabalho da rede estadual do RS para o mundo todo, com o apoio financeiro da Seduc. Por isso, e ilustrando o conceito de sucesso pessoal, trazemos o exemplo dos alunos do Colégio Pasqualini, que acabaram de voltar da Feira Internacional de Educação, Ciência e Tecnologia (Cientec), que ocorreu em Lima, no Peru. A participação foi custeada pelo governo do estado e os alunos receberam o primeiro lugar no seu eixo temático e o quarto lugar geral da Feira, o que lhes rendeu credenciais para a Feira Internacional na Bélgica, em 2015.

Como se mede sucesso, então? Talvez o sentimento dos alunos Gustavo Soares do Carmo, José Carlos Carrasco, Flávia Zandová e da professora Merci Kunzler de que a participação na Feira de Lima “foi uma das grandes experiências de nossas vidas e que nos marcará para sempre” nos ajude a formular o conceito de sucesso na gestão educacional. Da mesma forma, inúmeros alunos e professores foram profundamente tocados pela magia da produção de conhecimentos significativos e essa transformação muda o mundo.

 

 

Jornalista responsável: Mariléia Sell

 

 

 

Delegação Brasileira participante da Feira Internacional de Educação, Ciência e Tecnologia - CIENTEC.
Lima / Peru.


Colégio Estadual Senador Alberto Pasqualini participando deste importante evento internacional, com o apoio do Governo Estadual que, por intermédio do Secretário de Educação José Clóvis de Azevedo, patrocinou a participação destes alunos.

 

Depoimento dos alunos:
Aqui passamos uma semana juntos. Foram alguns dos muitos momentos felizes que vivemos nesta viagem, que foi uma das grandes experiências de nossas vidas e que nos marcará para sempre. Com Gustavo Soares do Carmo, José Carlos Carrasco eFlávia Zandoá, participando da CIENTEC Lima - Peru, Mostra Científica Internacional na qual fomos premiados com o 1º lugar no nosso eixo temático e ganhamos a credencial para uma Mostra Científica na Bélgica. Também tiramos o 4º lugar geral da Cientec.

 

Mais fotos 

 

 Colaboração da Escola

 

 

 

 

Grupo de hip hop da escola Pedro Schuler expõe seu trabalho

 

  

A E.E. E. F. Pedro Schuler de Portão levou seus alunos do Mais Educação para se apresentarem na Semana da Consciência Negra da Escola E. E. F. Doutor Jorge Guilherme Moojen, localizada em Montenegro, no dia de hoje no turno da manhã.

Por intermédio da Coordenadora do projeto Mais Educação Fabiana Ferreira da Escola Pedro que é também professora na escola de Montenegro, um grupo de 14 alunos do Projeto fez uma bela apresentação chamando atenção de todos que estavam presentes.

O monitor de hip hop Adroaldo Amaral se sentiu muito orgulhoso com o grupo.

E valorizando a integração na hora do recreio os alunos por si formaram uma roda e ficaram demonstrando suas habilidades.

 

 Veja mais fotos 

Fonte: Colaboração da escola

 

 

 

Escola 19 de outubro de Ivoti engajada na preservação ambiental desenvolve projeto de coleta do óleo de cozinha

 No Brasil, a preservação e conservação ambiental é observada no artigo 225 da Constituição Federal de 1988. Todo tem direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo para as presentes e futuras gerações. Por outro lado, deve-se avaliar qual o volume de recursos extraídos da natureza e a destinação final dos resíduos que são gerados diariamente para atender às necessidades e aos desejos das pessoas. O fato é que a questão ambiental impõe desafios peculiares à gestão e às políticas públicas. A destinação que vem sendo dada aos óleos e gorduras saturados de estabelecimentos comerciais (como restaurantes, lanchonetes e similares) instalados nas áreas urbanas de Ivoti ou descartados pelos moradores, nem sempre é a correta.

Para tanto, com o objetivo de diminuir a poluição do meio ambiente, a Escola 19 de outubro na cidade de Ivoti, mais uma vez conseguiu atingir metas e bater recordes. Recolheu só no ano de 2014 cerca de 300 litros de óleo de cozinha saturado. "Conseguimos encaminhar o óleo para o destino certo, conscientizar a comunidade e ainda com o propósito de incentivar os alunos, organizar um passeio pedagógico em meio à natureza."

 

 

Fonte:  Colaboração da Escola - Prof. Ana Cláudia da Silva Triches

Para saber mais: http://cuidadocomogary.blogspot.com.br/

 

 

 

 

2ª CRE visita escolas e acompanha agendas em Taquara

 

Cimol realiza a 7ª Feintec

 

 

Fotos da 7ª FENTEC

 

Fotos do Museu de História da Tecnologia Harald Alberto Bauer

 

Fotos da Escola Willybaldo Samrsla

 

Fotos das Escolas: Linha Gonzaga, 27 de maio, Felipe Marx

 

 

 

 

 

 

Seduc premia alunos-autores de Crianças e Jovens do Rio Grande Escrevendo Histórias

 

A Praça de Eventos da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) esteve lotada para a entrega dos prêmios aos 89 alunos-autores da 22ª edição do livro Crianças e Jovens do Rio Grande Escrevendo Histórias. O evento ocorreu na manhã desta quinta-feira (6) e contou com a presença de professores e equipes diretivas das escolas participantes, do patrono da 60ª Feira do Livro de Porto Alegre, Airton Ortiz e de titulares das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs). A Seduc foi representada pela secretária-adjunta, Maria Eulalia Nascimento.

A secretária afirmou que o projeto valoriza a escola pública. “Os textos e desenhos que estão sistematizados neste livro representam o trabalho que é feito diariamente nas escolas gaúchas”. O patrono da Feira do Livro ressaltou a importância da leitura e, dirigindo-se aos estudantes presentes. “Ler não é um dever, ler é um direito”. O grupo coral “Galera que Canta e Encanta”, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Alvino Henrique Weber, de Novo Hamburgo, apresentou-se na abertura e no encerramento da solenidade.

A 22ª edição do Projeto Crianças e Jovens do Rio Grande Escrevendo Histórias recebeu 2.893 trabalhos de alunos de todas as regiões do Estado e uma comissão de especialistas em Educação e Literatura selecionou os 89 textos e desenhos que compõem o livro. A publicação contempla trabalhos de alunos da Educação Infantil (desenhos) e textos de estudantes do Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos, Educação Especial e das Escolas do Campo, que passaram a integrar o projeto a partir de 2014. A iniciativa faz parte das políticas públicas desenvolvidas pela Seduc para a promoção da leitura, valorização das bibliotecas escolares e formação de professores.

 

 

Fonte: Site da Seduc 

 

Confira  os textos premiados da 2ª CRE 

 

 

 

 

 

A E.E.E.F. Pedro Schüler da cidade de Portão, foi contemplada com o projeto Autor Presente.

 

No dia 04 de novembro, a escritora NILVA FERRARO, esteve presente na escola, prestigiando os trabalhos desenvolvidos sobre HAIKAIS. Desde os pequenos aos maiores todos se envolveram no projeto, pois os HAIKAIS despertou muita criatividade e inspiração nos alunos. As turmas de 8ª séries montaram uma sala temática, com todos os seus trabalhos.

 

 

Fonte: Colaboração da Escola

 

 

 

Escola Estadual Pastor Heinrich Hunsche de Linha Nova

realiza I Gincana Literária

 

            A leitura representa um momento único de aprendizagem e de troca constante entre o leitor e o texto e, considerando-se a sua importância para o desenvolvimento dos alunos, realizou-se entre os dias 20 e 24 de outubro na Escola Estadual de Ensino Médio Pastor Heinrich Hunsche, de Linha Nova, a I Gincana Literária, como forma de estimular atividades lúdicas, interativas e cooperativas sobre os livros lidos para a Feira Literária na escola.

            A cada ano é escolhido um autor para que sejam desenvolvidos projetos de leitura na escola sobre suas obras. Assim, os alunos do 6º ao 8º ano adquiriram a obra Eros e Psique, enquanto que a 8ª série e as turmas do Ensino Médio leram o livro Céu de um verão proibido, do escritor João Pedro Roriz, natural do Rio de Janeiro.

            A Gincana, organizada pelos professores Marta Michele Mertins e Jackson Arend, teve todas as tarefas baseadas nos livros, que haviam sido lidos e trabalhados em aula. Entre as tarefas havia atividades esportivas, como disputa de pênaltis e corrida com bastões; caças ao tesouro fora da escola; provas envolvendo conteúdos de outras disciplinas; atividades escritas e de produção de textos; atividades recreativas e culturais, como jogo de cartas, apresentação de música, soletrando, envolvimento de pessoas da comunidade; além de apresentações artísticas, como desfile das personagens do livro e teatros de cenas descritas na obra.

            Paralelamente à Gincana Literária, os alunos da escola estadual também participaram de atividades da Semana Literária Municipal e conversaram com o escritor gaúcho Altair Martins, que esteve na escola no dia 22 de outubro para falar de suas obras, também trabalhadas em sala de aula.

            As atividades da gincana encerraram com a presença do escritor João Pedro Roriz, que realizou um bate-papo muito descontraído e interessante com os alunos. O autor, que também é ator e palestrante, elogiou a qualidade dos trabalhos realizados pelos alunos e se divertiu com as apresentações baseadas nos livros trabalhados. Na ocasião, a escola também contou com a presença da Coordenadora da 02ª Coordenadoria Regional de Educação de São Leopoldo Marinês do Carmo de Pariz da Silva, que ficou admirada com a desenvoltura do escritor João Pedro Roriz para contar histórias e prender a atenção dos alunos e elogiou os trabalhos apresentados. Na segunda-feira foram premiadas as equipes Os batalhadores, do Ensino Fundamental, e Bandeira 2, do Ensino Médio, campeões da I Gincana Literária.

 

João Pedro Roriz conversando com os alunos.

 

Professores Marta Michele e Jackson e diretor Cláudio entregando cestas com produtos coloniais ao escritor e à Coordenadora Marines - 2ª CRE.

 

Equipe Bandeira 2, campeã da gincana do Ensino Médio.

 

Equipe Os Batalhadores, campeã do Ensino Fundamental.

 

Mais  fotos 

 

Fonte: Colaboração da Escola

 

 

 

 

 

 

 

 

Neste dia 06 de novembro na 60º Feira do Livro em Porto Alegre acontece a sessão de autógrafos da 22ª edição do Programa “Crianças e Jovens do Rio Grande Escrevendo Histórias”  com a participação dos alunos :

 

Cristina Elisa Klein, do 2º ano da E.E.E.F. Valentim Schneider, profª Evelyn Loose -  Poço das Antas

Erik Roberto Persch, do 5º ano da E.E.E.F. Santa Teresinha do Forromeco, profª Meri Salete John Winter - Bom Princípio

Guilherme Leopoldo Nonemacher Ledur, do 5º ano da E.E.E.F. Santa Teresinha do Forromeco, profª Meri Salete John Winter  - Bom Princípio

Maiara Anieli Lohmann , 6º ano do C.E. Engenheiro Paulo Chaves, prof. Evanor Daniel de Castro -  Maratá

 

Parabéns a todos(as)!

 

 

Colaboração: Flora Regina Souza

 

 

 

  

 

 

 

III MIPWOLFRAM - 2014

 

Foi realizada em 22 e 23 de outubro de 2014 a terceira edição da Mostra de Iniciação Científica do Colégio Wolfram Metzler. A feira contou com a média de 40 trabalhos de pesquisa e trouxe a todos uma demonstração dos resultados da introdução da pesquisa nas escolas públicas de ensino regular. O Colégio Wolfram Metzler iniciou as pesquisas através da implantação do Ensino Médio Politécnico e já representou o Estado em alguns eventos internacionais pela América Latina. Mais uma vez a escola mostra todo um trabalho de incentivo ao aluno e busca através dessa nova ferramenta pedagógica maior autonomia na construção do conhecimento.

Veja mais 

 

Divulgação da Feira 21/10 Jornal NH

 

 Fonte: Colaboração da Escola

 

 

 

 

 

Zero Hora dá destaque a Projeto do Colégio Pasqualini.

Confira 

Fonte: Site da Zero Hora

 

 

 

galeria de fotos

 

 

 

Formação de Monitores da Oficina Esporte da Escola no Programa Mais Educação 23 e 24 de Outubro, Unisinos 

 

 

Mostra de oficinas do Mais Educação para os pais - E.E.E.F. Ensino Fundamental Cônego Caspary 

 

 

 

 

Alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Pastor Heinrich Hunsche (Linha Nova)  praticam gesto de solidariedade

 

Eles estão chegando à fase adulta, e percebendo que a vida fica muito mais fácil quando compartilhada. Foi  para incentivar essa transição fortalecendo os laços de solidariedade e fraternidade que as alunas Daiane do Amaral e Jéssica Vogel da turma 301 desenvolveram o Projeto Adoção Tardia na disciplina de Seminário Integrado.

Segundo a professora Leonice K. Zimmer, orientadora do projeto a ideia de visitar um abrigo partiu da própria turma e a campanha para os donativos teve início no mês de setembro e se estendeu até final do mesmo mês. Conciliando trabalho, estudo e muito empenho, foram arrecadados alimentos, roupas, calçados, produtos de higiene e limpeza para doação.

No dia 03 de outubro, ocorreu a entrega dos donativos arrecadados. Os alunos nunca haviam visitado uma Instituição de auxílio. O contato com outra realidade foi emocionante para o grupo que não esperava tamanha recepção por parte das crianças da Casa Lar localizada na cidade de Farroupilha.

A pedagoga da Casa Lar Cristiane Rotilli nos proporcionou uma verdadeira aula sobre o tema em estudo, enriquecendo e reforçando assim o trabalho de pesquisa que está em andamento ainda. Os alunos puderam fazer perguntas, conhecer a estrutura da casa e interagir com as crianças.

O gesto foi um encontro produtivo para ambas as partes. Os jovens estudantes, que puderam viver um momento especial não imaginavam receber tanta gratidão e carinho. As crianças são muito educadas e seus sorrisos nos contagiaram desde o momento em que as vimos. Vivenciar algo assim não tem preço.

O tamanho do ato não é medido pelo alcance material, embora todos tenham se empenhado nas arrecadações que com certeza darão um auxílio importante a casa. A grandeza está nos ensinamentos, no fortalecimento do espírito solidário. E essa é a verdadeira lição que deverá ser levada para a vida toda.

A turma 301, Direção, professores e funcionárias da Escola, aproveitam para agradecer de forma especial o apoio recebido por parte do Executivo, Secretaria Municipal de Educação, Saúde e todos os munícipos de Linha Nova, tornando possível este gesto de solidariedade.

Nosso muito obrigado!  

 

 

 

Fonte: Colaboração da escola

 

 

 

 

 

I Encontro alusivo a Semana Mundial da  Alimentação

 

 Alunos da Escola Agrícola de São Leopoldo participam de feira de produtos produzidos na própria escola, e seu stand  foi visitada pela representante do Ministério da Educação, Luisete Bandeira. O Encontro ocorreu no dia 14 e 15 de outubro na Secretaria de Educação em Porto Alegre.

 

Colaboração: Eliana Cardoso Vieira

 

 

 

 

 

MOSTRASENO

Mostra Cultural e Científica

     No dia 26/09/2014 ocorreu nossa segunda mostra cultural e científica, obrigada a todos que prestigiaram os trabalhos de nossos alunos.

    “Para isso existem as escolas: não para ensinar as respostas, mas para ensinar as perguntas. As respostas nos permitem andar sobre a terra firme. Mas somente as perguntas nos permitem entrar pelo mar desconhecido.”

Rubem Alves

Mais fotos 

 

Colaboração do Instituto Estadual Seno Frederico Ludwig - Novo Hamburgo

 

 

 
 

 

 

A subcoordenadora  representante das 2ª e 3ª CREs , Andréia Prestes registrou o encontro de Coordenadores da PROVA BRASIL /ANA 2014 ( Avaliação Nacional da Alfabetização). O evento ocorreu no dia 27 e 28 de setembro no hotel Continental em Porto Alegre e contaram com as presença dos representantes do INEP, Cespe e Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul (SEDUC).

 

 

Fonte: Colaboração Andréia Prestes

 

 

 

 

Semana Farroupilha/2014

“PIQUETE JOÃO GRÄWER”

            A escola Estadual de Ensino Fundamental João Gräwer Filho proporcionou uma semana de atividades variadas  no “PIQUETE JOÃO GRÄWER”. Dentre as atividades ressaltamos:

  • Hora Cívica: uma tradição que passa de geração em geração.
  • Cardápio Farroupilha: Mandiocada, salada de laranja, carreteiro, salcichão com pão,...
  • Aulas de diferentes disciplinas ministradas no piquete;
  • Almoço cooperativo entre profissionais da escola;
  • Dança, declamação, versos e poesias tradicionalistas também contagiaram os alunos e profissionais.
  • Estudos relacionados a Bandeira Rio-Grandense, a cultura deste povo, tradições, comídas típicas, entre outros.

 

  Mais fotos 

 

Fonte: Colaboração da escola

 

 

 

 

A E. E.E.F. Pedro Schüler de Portão está envolvida na Semana Farroupilha, com atividades e com seu tradicional churrasco. Acompanhe as fotos da  Busca da Chama Crioula, no dia 17/05/2014.   Veja aqui 

 

 

 

 

 

 

 

E.E.E.F. João Gräwer Filho de Dois Irmãos se prepara para as Olimpíadas Escolares/2014.

Veja mais 

 

 

 

 

 

 

4º Seminário Regional da Educação de Jovens e Adultos - 2ªCRE

 

Formação para diretores, professores, e coordenadores pedagógicos com drª em EJA, Aline Cunha - Mediação de Projetos e Relatos de Boas Práticas.

Organizadoras: Tatiane da Silva e Odete Hahn

 

 

 

 

Escolas da 2ª CRE têm projetos premiados na FECITEP

Secretário de Educação, Jose Clovis de Azevedo, visita stands das escolas. Na foto, conversando com o aluno Guilherme Winter

 

A 8ª edição da Feira Estadual de Ciência e Tecnologia da Educação Profissional, Ensino Médio Politécnico e Curso Normal (Fecitep), terminou nesta sexta (29) com a comunicação dos projetos vencedores. O evento ocorreu na Casa do Gaúcho, em Porto Alegre, e reuniu 101 trabalhos, divididos em 14 eixos tecnológicos. O trabalho selecionado em cada eixo garante a sua  participação na Mostra Internacional de Educação Profissional (Mostratec), que acontece de 27 a 31 de outubro, no Centro de Eventos da Fenac, em Novo Hamburgo. A importância da Mostra é assegurada pela sua qualidade e abrangência: são 480 projetos oriundos de 30 países.

 

Confira abaixo os dois trabalhos premiados da 2ª CRE:

 

1º Lugar

Escola: E. Técnica Monteiro Lobato (Taquara)

Projeto: Reformulação de compostos microparticulados a partir de megastrobilos e acículas não modificadas de pinus elliott

Eixo: Produção Industrial

Aluno: Guilherme Winter

Orientadora: Priscila Kasper

 

3º Lugar

Escola: Escola Técnica São João (Montenegro)

Projeto: Aplicação de ligninas kraft no tratamento de couro

Eixo: Controle de Processos Industriais

Alunos: Marina do Amaral; Vitor de Oliveira Sudbrack e Vitoria de Lima Comparsi

Orientadora: Michele CristinBehren

 

 
Jornalista responsável: Mariléia Sell
 
 
 
 
 
 
 
Projeto Literário do autor gaúcho Mario Quintana
 
 

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Pedro Schüler de Portão, desenvolveu durante o 2º trimestre o Projeto Literário do autor gaúcho Mario Quintana, onde foram desenvolvidos belíssimos trabalhos pedagógicos, com teatro, entrevistas e trabalhos manuais. No dia 31 de agosto a escola realizou a Mostra Literária com os trabalhos desenvolvidos pelos alunos. Os alunos, pais e comunidade puderam prestigiar os trabalhos exposto na escola.

 

Colaboração da Escola

 

 

 

 

 

 

 

5ª EPEF

Certificados do 5ª EPEF a disposição no Site da SEDUC.
Acesso Restrito, Certificações e Eventos com o CPF e a Senha disponibilizada na Inscrição.

 

 

 

 

  

 

 fotos: III Formação para Melhoria das Bibliotecas Escolares

           IV Encontro de Normalistas

 

 

 

 

 

  

 

Gincana na Escola E. E. F. João Gräwer Filho – Dois Irmãos

 

O projeto “Cuidando do nosso Planeta”, criado pela professora de Ciências Camila Martins da Silva, teve no último dia 09 de agosto, mais uma de suas etapas concretizadas. Na ocasião, foi desenvolvida com as turmas da escola uma gincana de integração abordando o tema reciclagem do lixo.

 A proposta consiste em avaliar a produção de lixo no nosso país, os métodos e técnicas, bem como as políticas públicas de reciclagem de diversos materiais, conscientizando as pessoas da necessidade de reduzir, reciclar e reutilizar materiais, possibilitando uma maior preservação de recursos naturais, desenvolvimento e interação social, reconstruindo conceitos a cerca de fatores que nunca foram abordados com tanta relevância social.

A destruição do meio ambiente é muito grave, pois significa a perda do controle climático da Terra. Este descontrole pode produzir inundações e secas, que provocam a morte de milhares de seres vivos. Frente a estes problemas e questionamentos podemos refletir: o que já fizemos para ajudar o meio ambiente? Que fatos ou experiências vividas teríamos para compartilhar?

 

As tarefas realizadas neste sábado, suas pontuações e o projeto podem ser acessados em nosso blog: http://escolajoaograwer.blogspot.com.br/  Confira a alegria da galera nas fotos! http://www.kizoa.com/Video-Maker/d12773436k7640410o1/gincana-da-reciclagem-do-lixo ou diretamente em nosso blog.

 

Fonte: Colaboração da escola.

 

 

 

 

 

 

 PROJETO HORTA ESCOLAR  e   PROJETO HORA DO RECREIO   

EEEM PASTOR HEINRICH HUNSCHE 

3º ANO DO ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO

 

Fonte: Colaboração da Escola

 

 

 

 

 

 

 Mais notícias: noticias/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MOSTRASENO/2014 

26/09/2014

     

 

5º EPEF da 2ª CRE

5º ENCONTRO DE PROFESSORES

DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 2ª CRE

                                                                                          

           Observatório

  Educação Física Escolar

 

 

SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO/2014

“O CONHECIMENTO E AS JUVENTUDES NO SÉCULO XXI”

02 e 04 de junho de 2014.

Programação

FOTOS

Polo de Novo Hamburgo

Polo de São Leopoldo 

Polo de Taquara 

Em breve mais fotos 

            ESCOLA ABERTA 

 

 

              MAIS EDUCAÇÃO

 

             ESCOLA ABERTA

           PARA A CIDADANIA 

 

LINKS

 

SEDUC - Secretaria da Educação do RS