2ª CRE faz formação continuada em diversidades e transversalidades

08/10/2013 09:18

2ª CRE faz formação continuada em diversidades e transversalidades

 

Na última quarta (08) 50 escolas da 2ª Coordenadoria Regional de Educação participaram de formação sobre diversidades e transversalidades, no auditório do Colégio São Luís, em São Leopoldo. Os eixos centrais do encontro foram mediação de conflitos nas escolas e o Programa Saúde nas Escolas.

Os assessores da Organização não Governamental (ONG) Serviço de Paz (SERPAZ), Juscelino dos Santos Lima e Ingedore Eichwaldt e a assessora do Programa Saúde Escolar da Secretaria de Educação do Estado (SEDUC), Maribel Guterrez, foram os responsáveis pelas discussões e pelas vivências promovidas no dia. A ideia do encontro, de acordo com a assessora das diversidades da 2ª CRE, Euli Necca Steffen, era oportunizar discussões e vivências aos professores. “Todas as falas eram voltadas ao professor, pois é importante que ele saiba como enfrentar as situações de violência no espaço escolar, além de aprender a lidar com seus próprios sentimentos, raivas e frustrações. É importante também identificar as práticas violentas naturalizadas pelas próprias escolas, como os currículos excludentes, os autoritarismos, a falta de escuta e as discriminações de várias ordens”.

Ainda de acordo com Necca, a formação promoveu integração e envolvimento muito acima das expectativas. “Os professores pediram continuidade nos encontros e sugeriram, inclusive, a formação de um grupo permanente de estudos e discussões”, ilustra.