2ª CRE faz reunião de formação do Programa Escola Aberta

20/05/2013 09:35

 

Na última quinta-feira (16) as nove escolas da 2ª Coordenadoria Regional de educação (CRE) – São Leopoldo – que desenvolvem o Programa Escola Aberta - MEC e Escola Aberta-Cidadania participaram de reunião de formação na qual foi trabalhado o Manual Operacional do Programa (orientações básicas do funcionamento) e a operacionalização do Programa nos finais de semana (com oficinas pedagógicas, culturais, esporte e lazer e qualificação de trabalho e renda). Foram também discutidas as atribuições de cada ator da equipe local (coordenador comunitário, educador comunitário, oficineiros, direção escolar e colaboradores) e esclarecidas dúvidas sobre preenchimento de formulários e documentos relacionados ao Programa.

O Programa Escola Aberta Cidadania está completando 10 anos no Estado do Rio Grande do Sul. Para comemorar, a Secretaria de Educação do Estado (SEDUC) organizará um livro sobre a experiência do Programa no Estado. A proposta é que as escolas tragam vivências e relatos sobre o impacto do programa nas comunidades. Além disso, a edição também pretende registrar os dados estatísticos relativos ao Escola Aberta, tais como número de pessoas envolvidas e tipos de oficinas desenvolvidas. Outra iniciativa é o concurso da escolha do Hino Oficial do Programa no Rio Grande do Sul. A seleção das escolas da 2ª CRE acontecerá no dia 25 de maio, na sede da Coordenadoria, por uma comissão local.

As escolas que participam do Programa Escola Aberta recebem recursos do governo federal e estadual, gerenciados pelo Círculo de Pais e Mestres (CPMs). De acordo com a coordenadora do Programa na 2ª CRE, Marines Pariz, o Escola Aberta é uma das estratégias para a implementação da Educação Integral, ou seja, para a implementação da escola do dia inteiro.