2ª CRE realiza audiência pública de construção do Pronatec-2014

25/10/2013 09:35

 

 

 

Na última sexta (25) a 2ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) realizou audiência pública para construir o Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) para o ano de 2014. A ideia foi reunir os diferentes atores da educação técnica de nível médio: os beneficiários (alunos), os demandantes (Seduc e CRE); os ofertantes (entidades como Senai e Senac) e os representantes do mundo do trabalho (Sine) para dialogar e fazer um diagnóstico da realidade local.

Um levantamento prévio feito pela 2ª CRE junto às escolas da rede estadual mapeou as principais demandas dos alunos. Entre os anseios dos estudantes de ensino médio estão os cursos de Tecnologia da Informação e Administração. Inglês Avançado também figura como um desejo dos alunos, de acordo com os representantes da categoria, presentes na audiência, Jéser William de Matos de Oliveira e Thais Alves Moreira Teixeira. De acordo com o coordenador dos cursos técnicos do Senai/CETEMP, de São Leopoldo, Silvio Viegas, é preciso sempre trabalhar com um diagnóstico da realidade para harmonizar a relação de oferta e de demanda. Por isso, de acordo com Viegas, o Senai está realizando pesquisa junto às indústrias.

Para a diretora executiva do Parque Tecnológico da Unisinos, Susana Kakuta, os “setores portadores de futuro” são Tecnologia da Informação, Mecatrônica, Química, Automação e Nanotecnologia. A coordenadora do Núcleo de Políticas e Ações Pedagógicas da Educação Profissional Técnica da Seduc, Iara Aragonez, afirma que a audiência é uma iniciativa inovadora no estado, pois propõe o diálogo, o estudo e a possibilidade de pensar alternativas para a Educação Técnica. Da mesma forma, a assessora do Pronatec da 2ª CRE, Euli Necca Steffen, acredita que o evento marca o início de um diálogo que favorecerá a todos.

Também estiveram presentes na audiência a coordenadora da 2ª CRE, Rosana Santos; a assessora do Núcleo de Políticas e Ações Pedagógicas da Educação Profissional Técnica e do Pronatec da Seduc, Clarisse Schüssler; a secretária da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico da Prefeitura Municipal de São Leopoldo, Edialeda Susin; o coordenador do Sistema Nacional de Emprego (SINE), de São Leopoldo, Felipe Lima e o diretor do Senac de São Leopoldo, Marcus Guazzelli.

 

Jornalista responsável: Mariléia Sell