Abertura do ano letivo da 2ª CRE

28/02/2018 16:02

Abertura do ano letivo da 2ª CRE

No dia 28/02 (quarta-feira), foi realizada a abertura do ano letivo das escolas de abrangência da 2ª Coordenadoria Regional de Educação de São Leopoldo, no colégio São Luiz. O evento reuniu as direções das escolas (168) da 2ª CRE, que foram recepcionadas pela Coordenadora Helenise Ávila Juchem e sua equipe de trabalho. Na abertura do evento a Coordenadora dirigiu-se aos diretores ressaltando a importância do trabalho pedagógico com foco nos alunos e na educação de qualidade “Educamos para transformar o que sabemos, não  para transmitir o já sabido”. O tema “O Papel da Equipe Diretiva na Discussão do Currículo” foi abordado pela Prof.ª Dr. Sônia Maria de Oliveira da Rosa, Diretora do Departamento Pedagógico da Secretaria da Educação (SEDUC/RS). A palestrante Sra. Luciana Cano Casarotto, Promotora de Justiça abordou assuntos gerais com questões pertinentes a rotina escolar. O músico Issur Kock, brindou os participantes com músicas de seu repertório. Um dos destaques da reunião foi a premiação dos professores que através dos projetos realizaram iniciativas inovadoras, inspiradoras e com resultados positivos: “Prêmio Professor Projeto em Destaque”. Esta foi a 3ª edição do prêmio, que iniciou em 2015, que tem objetivo de prestigiar e premiar os trabalhos desenvolvidos pelos professores da rede estadual, divulgando experiências vivenciadas em sala de aula. 

 

Mais fotos

 

Veja abaixo os contemplados:

 

 

  “Prêmio Professor em Destaque da 2ª CRE”

 PRIMEIRA ETAPA: ENSINO FUNDAMENTAL

 

1º LUGAR

 

Professora: Adriana Daniela Gregório

Projeto: COMO PODEMOS CAPTAR A ÁGUA DA CHUVA PARA REAPROVEITARMOS EM FINS NÃO POTÁVEIS?

Com esta pergunta a professora Adriana Gregório estimulou seus alunos da Escola EEF Pedro Lenz de Sapiranga a buscarem respostas.

 

Primeiramente foi realizado um questionário com os alunos do sexto ao nono anos para verificar o grau de seus conhecimentos sobre armazenamentos de água.

O tema do projeto escolhido foi a cisterna, abordado devido sua grande relevância ambiental, pois mostra para a comunidade escolar um meio de captarmos a água da chuva de uma forma sustentável, para ser usada na hora de regar a horta, as plantas do jardim, bem como para fins não potáveis como limpeza em geral da escola.

O objetivo geral do projeto foi construir uma cisterna de modo sustentável, visando a diminuição nos gastos mensais na conta da água da escola Pedro Lenz.

E com o apoio da comunidade escolar, foi construída uma cisterna, de baixo custo que captou por calhas e dutos a água da chuva e foi fundamental para o sucesso do projeto.

Também foi possível perceber, que os educandos se tornaram mais conscientes em relação a preservação do meio ambiente, bem como perceberam que os cuidados com os recursos naturais são muito importantes para a nossa vida.

 

Foto: Prof.ª Adriana Daniela Gregório, da EEEF Pedro Lenz (Sapiranga) -1º lugar - “Prêmio Professor em Destaque da 2ª CRE” -  Etapa do Ensino Fundamental


 

 

2º LUGAR

 

Professora: Nilmara Ludwig

Projeto: DA CAIXINHA PARA CASINHA

             

Na EEEM João Wagner, do município de Morro  Reuter, a professora Nilmara Ludwig, do 1º ano dos anos iniciais, sentiu-se motivada e desafiada para organizar um trabalho, dentro da metodologia dos projetos e com intuito de promover a aprendizagem diferenciada, construindo ações com auxílio das crianças, tornando – as protagonistas e participantes na sua própria aprendizagem.

O objetivo foi de conscientizar quanto à importância de materiais para preservação do meio ambiente e a construção de brinquedos para a utilização dos alunos em sala de aula.

O projeto da caixinha para casinha destacou-se pelo envolvimento e o prazer dos alunos na experiência de trabalhar a reciclagem e o reaproveitamento de materiais na arte de transformar.

Como a reciclagem não é um processo muito simples de realizar, pois as embalagens são compostas de 6 camadas de materiais altamente resistentes, escolheram para confeccionar a casinha, caixas de leite, um material que está disponível a todos os educandos, sem induzir ao consumo.

Os objetivos foram plenamente atingidos pois o projeto permitiu o desenvolvimento de experiências e vivências que oportunizaram a aprendizagem e o desenvolvimento das crianças de maneira lúdica, no ambiente alfabetizador.

 A participação e ajuda da família foi um fator importante para o desenvolvimento do projeto.

Essa experiência vivida pelas crianças auxiliou no desenvolvimento de valores, tornando esses pequenos educandos em grandes agentes multiplicadores de cooperação e solidariedade. O referido projeto foi destaque na primeira feira municipal de iniciação científica da cidade de Morro Reuter.

Foto: Prof.ª Nilmara Ludwig, da EEEM João Wagner (Morro Reuter) -2º lugar - “Prêmio Professor em Destaque da 2ª CRE” -  Etapa do Ensino Fundamental

 

 

3º LUGAR

 

Professora:  MORGANA JORAN SELBACH PORTO

Projeto: A INFLUÊNCIA DOS HÁBITOS ALIMENTARES E HORÁRIOS DE SONO NO APRENDIZADO DOS ALUNOS: A pratica educativa e possíveis ações em relação aos apontamentos das pesquisas

 

Percebendo a necessidade de buscar soluções para diminuir o número elevado de alunos que não se alimentam adequadamente, não dormem o suficiente ou não tem apoio de sua família para ter as condições mínimas de aprendizado escolar, a professora Morgana Joran Selbach Porto, da EEEF Willy Oscar Konrath, município de Sapiranga orientou o projeto de pesquisa: A influência dos hábitos alimentares e horários de sono no aprendizado dos alunos.

O presente estudo teve como objetivo discutir a temática e analisar qual é a importância de se ter bons hábitos alimentares e dormir o mínimo de horas necessárias durante o desenvolvimento infantil, mais especificamente, na pré-adolescência e adolescência.

Para alcançar tal objetivo, primeiro: realizaram uma pesquisa, investigando e analisando os dados coletados.  Segundo, estudaram e basearam-se em documentos de base legal, como a constituição federal, ECA, e pareceres pedagógicos. Terceiro, firmaram uma grande parceria com a equipe diretiva e uma psicóloga convidada que mostrou num encontro com os pais, os contrapontos do tema.

As soluções foram encontradas:

* diálogo permanente na escola entre professores e pais.

* participação efetiva da família na escola.

*conscientização dos alunos em perceber e aceitar o quanto o estudo é importante, criando a sua rotina referente à hábitos alimentares saudáveis e horários de dormir.

A escola, não somente ela sozinha, mas junto com a família contribui significativamente no crescimento e desenvolvimento dos alunos e o rendimento escolar de cada um, está ligado diretamente no apoio familiar que estes recebem.

Foto: Prof.ª Morgana Joran Selbach Porto, da EEEF Willy Oscar Konrath (Sapiranga) -3º lugar - “Prêmio Professor em Destaque da 2ª CRE” -  Etapa do Ensino Fundamental

 

 

SEGUNDA ETAPA: ENSINO MÉDIO

APROFUNDANDO OS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS

 

1º LUGAR

 

Professora: SIMONE REINHEIMER KOCHENBORGER

Projeto:  SÃO FRANCISCO EM QUADRINHOS

 

Com o objetivo de despertar nos alunos o gosto pela leitura, a EEEM São Francisco de Assis, de Pareci Novo, realizou o Projeto São Francisco em Quadrinhos, orientado pela professora Simone Reinhemeir Kochenborger.

Percebendo que os alunos não tinham o hábito da leitura, que é essencial para a formação integral do educando e acreditando que os gibis pudessem despertar o gosto pela leitura, uma vez que o gênero apresenta humor e os personagens são aprovados pela maioria dos jovens, o projeto integrou as disciplinas de língua portuguesa, literatura, filosofia e artes.

Os objetivos foram alcançados e as experiências foram enriquecedoras, pois os alunos vivenciaram momentos significativos com foco na construção de conhecimentos em situações dinâmicas de aprendizagem e de múltiplas leituras no entrelaçamento com as outras áreas do conhecimento.

 

O projeto foi selecionado para o 5º Prêmio RBS de Educação/2017 e a professora ganhou o prêmio na categoria Escola Pública.

Foto: Prof.ª Simone Reinhemeir Kochenborger, EEEM São Francisco de Assis, de Pareci Novo - 1º lugar - “Prêmio Professor em Destaque da 2ª CRE” -  Etapa do Ensino Médio

 

2º LUGAR  

 

Professora: DANIELA LAUX KNORST

Projeto:  O HOLOCAUSTO E A INTOLERÂNCIA À DIFERENÇA “EM BUSCA DA CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O RESPEITO À DIFERENÇA”

 

O projeto O Holocausto e a Intolerância à Diferença  “Em busca da conscientização sobre o respeito à diferença” da EEEM prof. Mathias Schutz, de Ivoti, orientado pela professora Daniela Laux knorst, ocorreu de abril a agosto de 2017 e propôs pesquisas bibliográficas e a realização de leituras de obras literárias específicas que abordam o tema.

O interesse imediato pelos alunos surgiu a partir do filme escritores da liberdade, que sugere a leitura do livro o Diário de Anne Frank.

Partindo desse interesse, a professora propôs a leitura de outras obras literárias como: a bibliotecária de Auschwitz, o Diário de Mary Berg, o Diário de Helga, Escondendo Edith, O Sobrevivente, entre outras. Após as leituras, os alunos perceberam o quanto a discriminação pode ser cruel e o quanto temos que lutar para mudar essa realidade no ambiente em que vivemos.

A partir do estudo realizado, os alunos observaram que o estopim para todo esse horror foi a intolerância e o desrespeito às diferenças. Dessa forma, os alunos foram motivados a refletir e estabelecer relações sobre o que mudou até a atualidade.

Observando todo o engajamento e trabalho realizado pelos alunos, a professora sugeriu que juntos, montassem uma exposição, um pequeno museu, no qual pudessem expor e falar sobre suas descobertas para a comunidade escolar.

Assim, as turmas trabalharam juntas para que conseguissem mostrar da melhor maneira tudo o que aprenderam.

O projeto desenvolvido superou todas as expectativas, envolvendo totalmente os alunos e a comunidade escolar, onde percebeu-se que houve um grande aprendizado quanto a necessidade de respeitar às diferenças, o referido projeto foi matéria dos jornais NH e o Diário.

Foto: Prof.ª Daniela Laux  knorst, da EEEM Prof. Mathias Schutz  (Ivoti ) -2º lugar - “Prêmio Professor em Destaque da 2ª CRE” -  Etapa do Ensino Médio

 

 

3º LUGAR

Professor: MOISÉS BRUNO DE OLIVEIRA

Projeto:  GINCANA AMBIENTAL ILDEFONSO 90 ANOS

                                 

O Projeto GINCANA AMBIENTAL ILDEFONSO 90 ANOS da Escola Estadual de Ensino Médio Ildefonso Pinto, município de Campo Bom, orientado pelo professor Moisés Bruno de Oliveira foi um evento de caráter educativo, social, recreativo, ambiental e cultural e teve como principal objetivo a integração, diversão e a simulação da realidade de uma empresa em funcionamento.

Foram realizadas 159 tarefas, de junho a setembro de 2017, divididas nos seguintes setores: artísticas, esportivas, relíquias, charadas, buscas diversas e conhecimentos.

Tendo em vista que um dos objetivos da escola é preparar os alunos para o mercado de trabalho e fazer eles refletirem sobre valores, este projeto contribuiu de uma forma divertida ajudando a desenvolver várias habilidades fundamentais para um mundo cada vez mais competitivo.

Dentre as habilidades que podem ser destacadas estão: a organização, o trabalho em grupo, a definição de prioridades, o respeito no ambiente de trabalho, a definição e cumprimento de normas de conduta e a persistência.

Os objetivos do projeto foram alcançados, visto que a gincana ocorreu de forma interdisciplinar e transversal, atendendo todas as áreas de conhecimento e as habilidades trabalhadas as quais são fundamentais para todas as disciplinas.

Foto: Prof.ª Moisés Bruno de Oliveira, da EEEM Ildefonso Pinto, (Campo Bom) - 3º lugar - “Prêmio Professor em Destaque da 2ª CRE” -  Etapa do Ensino Médio

 

 

PARABÉNS!