Alunos da rede estadual viajam a Medellin, na Colômbia

16/07/2014 16:03

Alunos da rede estadual viajam a Medellin, na Colômbia

Thaís Nicole Ribas, Brenda de Lima Oliveira, Vanessa Souza dos Santos, alunas do Colégio Estadual Dr. Wolfram Metzler, de Novo Hamburgo (2ª Coordenadoria Regional de Educação – CRE), acompanhadas pelas professoras Elisabeth Maria Backes e Andréa da Cruz Bitzer, e os alunos Amanda Laís Broch, Andrei Scherer Pereira e Josi Gonçalves de Castro, da Escola Estadual de Educação Básica João Ferrarim de Soledade (25ª CRE), acompanhados pelos professores Simone Marci Bitencurt e Leomar Luís Schreiner, participam, nesta semana, em Medellín, na Colômbia, da 7ª MILSET Expo-Sciences Latinamerican (ESI-AMLAT). A feira começou na segunda-feira (14), e tem encerramento marcado para a próxima sexta-feira (18). A viagem e a participação dos alunos são subsidiadas integralmente pela Secretaria de estado da Educação (Seduc).

Os alunos levam ao país latino-americano projetos desenvolvidos no Ensino Médio Politécnico e que foram premiados em feiras científicas gaúchas (10ª MEP, 7ª FECITEP e 28ª MOSTRATEC), em 2013.

A MILSET é uma organização não governamental que tem por objetivo promover a pesquisa científica entre jovens estudantes e cientistas de diferentes continentes, promovendo socialização de ideias e conhecimentos do mundo científico. A ESI-AMLAT é considerada uma das maiores feiras latino-americanas de ciências, que credencia também para participação em outras feiras nacionais e internacionais.

2ª CRE
Thaís, Brenda e Vanessa apresentam na Colômbia o projeto “Crianças Institucionalizadas”, pesquisa do Ensino Médio Politécnico sobre crianças que vivem em instituições como abrigos, premiado na MEP, MOSTRATEC e FEBRACE em 2013.

25ª CRE
O projeto que credenciou os estudantes Amanda, Andrei e Josi abordou o tema “Alimentação Saudável na prevenção da obesidade infantil”, participante da MEP, FECITEP e MOSTRATEC no ano passado. O projeto também foi desenvolvido em turmas do Ensino Médio Politécnico.

 

 

Fonte: site da seduc