Educação Especial numa Perspectiva Inclusiva

17/10/2016 08:57

Educação Especial numa Perspectiva Inclusiva

 

  Vivemos num momento histórico.

 As políticas públicas de inclusão vem avançando e se consolidando nos últimos anos. Não há mais como retroceder.

Através da LDB, da Declaração de Salamanca, da Carta para o Terceiro Milênio, da Constituição Federal, leis, decretos, normativas, portarias das últimas décadas, o acesso e a permanência em todas as escolas, com qualidade de ensino deve ser garantida e ampliada constantemente em qualquer modalidade de educação.

O Ministério da Educação, em parceria com os Sistemas de Ensino, vem implementando políticas públicas com o objetivo de assegurar o direito à educação e a promoção de autonomia e independência das pessoas com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação no contexto escolar.

Nesta perspectiva, os sistemas de ensino modificam sua organização, assegurando aos estudantes público alvo da educação especial, matrícula nas classes comuns e oferta do atendimento educacional especializado, previsto no projeto político pedagógico da escola. 

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul compactua e exerce a política nacional de educação especial numa perspectiva inclusiva, numa caminhada de progressos e avanços, estimulando e aprimorando os programas e projetos em suas escolas.

 

Texto: Patrícia Mendel e Mariluci de Vargas Saraiva, Assessoria da Educação Especial/02CRE