Em Brasília, Vieira participa de debate sobre reajuste do piso do magistério

06/01/2015 11:50

 

 

O secretário da Educação do Rio Grande do Sul, Vieira da Cunha, participou nesta terça-feira de uma reunião no Ministério da Educação, em Brasília, para discutir diversos assuntos relacionados à pasta.

Durante a reunião com o ministro Cid Gomes, na qual estiveram presentes 23 dos 27 secretários de Estado de Educação do país, Vieira reivindicou que a União complemente os recursos necessários ao pagamento do piso, uma vez que o Rio Grande do Sul, assim como a maioria dos estados, não tem condições de cumprir o reajuste de 13,01% que deve ser anunciado pelo MEC amanhã.

"Todos nós queremos e gostaríamos de dar um reajuste como este, mas, infelizmente, a situação que encontramos nos cofres públicos não nos permite fazê-lo com recursos próprios", disse Vieira.

O secretário afirmou ainda que é necessário discutir os critérios da Lei do Piso para viabilizar o auxílio da União aos estados, como é o caso do Rio Grande do Sul, que vivencia dificuldades orçamentárias. Vieira é autor de um projeto de lei que altera o artigo 4 da Lei do Piso, obrigando o governo federal a repassar recursos aos estados e municípios que não consigam honrar o pagamento do piso aos professores.

Outros assuntos abordados na reunião foram os critérios de avaliação do Ensino Médio e a prioridade às escolas de tempo integral. Vieira também convidou o ministro Cid Gomes para conhecer a realidade do Estado. A data da visita ainda não foi agendada.