Integrantes da Seduc realizam reunião com equipe da Coordenadoria

20/08/2014 10:38

 

 

Na manhã desta quarta (20) a coordenadora das Regionais de Educação (CREs) da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Carmen Pereira, e a coordenadora do Sistema Estadual de Avaliação Participativa (SEAP), Guilene Salermo, iniciaram um roteiro de visitas às CRES. A primeira coordenadoria visitada, a 2ª, teve acesso, na ocasião, ao relatório de gestão da Seduc e ao Seap, construído coletivamente pela própria Coordenadoria.

Carmen retomou as principais ações desenvolvidas pela Seduc nos quatro eixos estratégicos: recuperação física da rede e modernização tecnológica; reestruturação curricular e formação continuada; qualificação do sistema e democratização da gestão; valorização profissional. Por meio de quadros comparativos, de gráficos e de estatísticas, os investimentos realizados na educação, nas diferentes áreas, foram apresentados à equipe da 2ª CRE. De 2011 a 2014, o Estado investiu R$ 320 milhões em reformas e obras nas escolas. Na modernização tecnológica, foram aplicados mais de 83,5 milhões e em equipamentos e material didático, mais de R$ 89 milhões. Em linhas gerais, o investimento em Educação no Estado ultrapassou a marca dos R$ 7 bilhões, em 2014.

No eixo da qualificação do sistema e democratização da gestão, a coordenadora Guilene Salermo, enfatizou a criação do Sistema Estadual de Avaliação Participativa (Seap), como instrumento inovador e ousado de avaliação, planejamento e monitoramento. Essa avaliação é realizada nas escolas da rede estadual, nas coordenadorias e na Seduc, a cada ano. Na reunião, a 2ª CRE pode rever a sua avaliação nas seis dimensões do Seap e repensar a sua caminhada. Ainda na gestão, foi relembrada a lei de eleição de equipes diretivas, a transformação dos Conselhos Escolares em unidades executoras e o aumento dos repasses às escolas, via autonomia financeira.

Por fim, no eixo valorização profissional, Carmen mostrou o quadro de nomeações de professores. Até agosto de 2014, ingressaram na carreira do magistério, via concurso, 4.730 profissionais. De 2011 a 2014, 31 mil professores e 4.300 funcionários foram promovidos e os reajustes salariais e as reposições da inflação chegam a 76,68%, até novembro deste ano.

Para a professora Taís Schmitz, a reunião foi importante, pois foi um momento de partilha de informações e de diálogo. “Conseguimos situar a educação do Estado, e enxergar o quanto avançamos e os desafios que ainda temos que superar”. Para Taís, a disposição da Seduc de vir conversar com cada Coordenadoria revela o princípio de transparência da gestão em ação. Para a coordenadora da 2ª CRE, Marinês Pariz, os momentos de interação entre Seduc e CRE valorizam a participação de cada agente da educação nos diferentes espaços. Carmen também reforça a ideia da importância de cada integrante da equipe para a consolidação do projeto educacional. “Estamos todos a serviço da educação, cada um no seu campo de atuação”, conclui.

 

Jornalista responsável: Mariléia Sell