Livro Crianças e Jovens do Rio Grande Escrevendo Histórias chega a 21ª edição

14/11/2013 09:39

 

 

Foto da Notícia
A Praça de Eventos da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) foi palco, na manhã desta quinta-feira (14), de uma grande festa que homenageou 94 alunos-autores da rede pública estadual. A cerimônia de premiação da 21ª edição do livro Crianças e Jovens do Rio Grande Escrevendo Histórias destacou os trabalhos selecionados entre os 4.416 inscritos. A placa de homenagem foi entregue pelo secretário de Estado da Educação, Jose Clovis de Azevedo, que enfatizou a importância do projeto que proporciona aos alunos um novo olhar sobre si mesmo. “As crianças sendo sujeito, escrevendo sua história e se transformando em autores demostra que é possível transformar a escola da repetição na escola da criatividade”, disse.

Para a coordenadora do projeto Olimpíada da Língua Portuguesa no CENPEC - Centro Estudo Pesquisas Educação Cultura e Ação Comunitária -, Sonia Madi, a escola, hoje, luta para que a escrita tenha função. "Todas as escolas precisam publicar o que o aluno escreve. Textos em lata do lixo, ou em gavetas, não têm função. Iniciativas como a que acompanhamos aqui tiram o texto da condição de escolar, é como se tivesse colocando a voz dos alunos em um alto-falante", frisa Sônia.

No período da tarde, os alunos-autores participam se uma sessão de acontecerá, às 14h, no Salão Bridge do Clube do Comércio, Rua dos Andradas, 1085 - Centro de Porto Alegre.

O projeto
O projeto busca valorizar a produção individual dos alunos a partir do hábito da leitura e da escrita desenvolvidos na escola. O livro apresenta o resultado do trabalho realizado em sala de aula, em turmas da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, Educação Especial e em escolas mantidas pela Seduc em espaços da Fundação de Apoio Sócioeducativo (Fase). Os estudantes têm entre cinco e 18 anos.

Apresentações culturais
O evento contou com a apresentação do Projeto de Formação de Bailarinos da 27ª Coordenadoria Regional de Educação de Canoas (CRE) com sede na Escola Estadual Alcides Maya (Sapucaia do Sul). O Coral da Escola Estadual Carlos Bina (Gravataí) também abrilhantou a festa.

A Olimpíada
A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é uma iniciativa do Cenpec que desenvolve ações de formação de professores, com o objetivo de contribuir para ampliação do conhecimento e aprimoramento do ensino da escrita. Uma das estratégias é a realização de um concurso de produção de textos que premia poemas, memórias literárias, crônicas e artigos de opinião elaborados por alunos de escolas públicas de todo o país.
Mais do que um concurso de textos, a Olimpíada é uma oportunidade para o aperfeiçoamento de professores e uma ocasião especial para os alunos desenvolverem práticas de leitura e escrita.

 

JÚLIA JOHN ANTONIO -1° Ano - EEEF SANTA TERESINHA DO FORROMECO (BOM PRINCÍPIO) - Profª. LÚCIA JOANA JUCHEM CORRÊA

 

WELINTON LUIZ PATZLAFF - 1º Ano - EEEF ARTHUR WEIMER ( SALVADOR DO SUL) - Profª GRACIELE MARIA ZIMMER HENGEL

 

LUCAS GUILHERME WILHELM - 4º ANO - EEEF VALENTIM SCHNEIDER - (POÇO DAS ANTAS) - Profª IVANISE MARIA SCHNEIDER FLACH

 

PARABÉNS A TODOS!

 

Fotos: veja aqui

Fonte: site da seduc/RS