MEC prorroga até 5 de novembro inscrições ao Prêmio Curta Histórias

17/10/2013 14:46

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou até 5 de novembro o prazo para inscrições ao Prêmio Curta Histórias 2013. Iniciativa do MEC, por meio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI), em parceria com a Fundação Vale, Fundação Telefônica, Associação Casa da Árvore, SEBRAE e UNESCO, o prêmio pretende incentivar talentos e estimular o desenvolvimento das atividades pedagógicas, cinematográficas de cunho cultural e educativo em escolas públicas brasileiras, com a valorização da Educação das Relações Étnico-Raciais e a implementação da Lei nº 10.639/2003 que completa 10 anos de vigência em 2013.

Poderão ser inscritos vídeos produzidos por alunos (as) de escolas públicas da Educação Básica localizadas em capitais que tenham aderido até 2013 aos programas Mais Educação ou Ensino Médio Inovador e, de fora das capitais, alunos de escolas da rede pública com os programas Mais Educação/Macrocampo: Educomunicação, Comunicação e uso de Mídias, Cultura Digital e Cinema, ou Ensino Médio Inovador/Macrocampo: Comunicação e uso de Mídias e Cultura Digital, além de escolas com Projovem Urbano, da capital ou fora dela. Os vídeos inscritos poderão ter no máximo 1 (um) minuto de duração, excluindo-se os créditos, e deverão ser captados por meio de aparelhos de telefone celular ou câmeras digitais.

O Prêmio Curta Histórias destina-se a conteúdos originais produzidos exclusivamente por professores/educadores e alunos para esta premiação. Cada escola poderá inscrever apenas 1 (um) vídeo, mesmo que participe de mais de um dos programas citados, por isso, é facultado à instituição de ensino fazer uma seleção interna para inscrever a produção que considerar melhor.

O responsável pela inscrição do vídeo será o diretor da escola que, no momento do preenchimento do formulário, se responsabiliza pela aceitação de todos os termos presentes no regulamento.

Serão premiadas três escolas, sendo que os prêmios são para aluno, professor e escola:
- alunos: uma oficina de formação em cinema e empreendedorismo com duração de 24 horas; um tablet e um aparelho celular smartphone para cada participante da equipe.
- professor: uma oficina de formação em cinema e empreendedorismo com duração de 24 horas; um tablet e um aparelho celular smartphone.
- escola: cinemateca composta de 20 filmes; um aparelho data show; um aparelho DVD; uma filmadora digital e uma câmera fotográfica semiprofissional.

Mais informações em www.curtahistorias.org ou pelo e-mail etnicoracial@mec.gov.br.

O regulamento do concurso cultural pode ser acessado no link abaixo:

Regulamento