Mobilização estadual para discutir as novas práticas

19/07/2013 08:53

O Seminário Internacional de Educação termina nessa sexta-feira (19) e o saldo, além da abertura de um espaço de reflexão, está na mobilização que aconteceu em diferentes pontos do Estado. Educadores das escolas da rede estadual participaram do evento que contou com videoconferências em 54 salas pelo interior, com transmissão simultânea direto do Salão de Atos da UFRGS em Porto Alegre.

O evento pedagógico que abordou novos pensamentos sobre práticas cidadãs para a educação, teve a participação das Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) para abranger a totalidade dos professores gaúchos. A movimentação das cidades como Ijuí, Passo Fundo, Caxias do Sul, Bagé e Gravataí, garantiram o número de 12 mil espectadores. “Para nossa comunidade é imprescindível que esse momento de formação qualificada possa ser revertida em ações na realidade escolar, e fazer essa reflexão dentro do seminário, visualizando concretamente certas mudanças na educação pública é essencial”, disse a coordenadora da 7ª CRE, Marlene Silvestrin.

A comunidade escolar que acompanhou através das videoconferências, além de assistir a quatro mesas de debates que discutiram o trabalho docente, as avaliações, a reestruturação curricular e o trabalho pedagógico, tiveram em suas cidades a participação de mediadores presenciais que auxiliaram a discorrer sobre as questões levantadas pelos painelistas. “O seminário abriu uma discussão ampla que focalizou questões mundiais sobre a educação, mas a percepção em termos mediadores em cada videoconferência trouxe o debate para nosso cotidiano”, afirma a coordenadora da 36ª CRE, Rosmari Gobo.

O Seminário Internacional de Educação Concepções e sentidos da educação: pensamentos para uma nova prática cidadã teve a participação de 9 educadores e pesquisadores mundialmente reconhecidos que conduziram múltiplas visões sobre a situação e os desafios da educação. O seminário é uma realização da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).