Programa Estadual Escola Melhor: Sociedade Melhor chega à centésima escola cadastrada

15/03/2016 14:07

Programa Estadual Escola Melhor: Sociedade Melhor chega à centésima escola cadastrada

Diretor da Escola Técnica Estadual Frederico Guilherme Schmidt, Prof. Larri Steyer, juntamente com os alunos e Profª Anai Maris dos Santos.

Foto: Evandro Oliveira, Seduc.

 

A Escola Técnica Estadual Frederico Guilherme Schmidt, de São Leopoldo, foi o centésimo estabelecimento de ensino a aderir ao Programa Escola Melhor: Sociedade Melhor, que permite que escolas estaduais firmem parcerias com empresas e pessoas físicas, de forma transparente e com o aval da comunidade.

O diretor Larri Steyer conta que soube do programa durante a solenidade de posse dos novos diretores de escola da Região Metropolitana. Acostumado a buscar as empresas da região para garantir estágios aos alunos dos cursos de Eletrotécnica e Eletromecânica, ele percebeu a oportunidade de estreitar estes laços.

“Vimos o programa como um dos caminhos para tornar a escola uma referência em ensino técnico não apenas para São Leopoldo, mas para a região. Para isto, a aproximação com empresas do setor será fundamental”, afirma o diretor, que acrescenta o fato de a adesão ter sido unânime junto ao Conselho Escolar.

A Escola Frederico Guilherme Schmidt completa 50 anos em 2016 e possui pouco mais de 700 estudantes matriculados. Os cursos técnicos são concomitantes com o Ensino Médio durante o dia. À noite, a modalidade ofertada é a subsequente, quando o aluno precisa ter o Ensino Médio concluído.

Coordenadora estadual do Escola Melhor: Sociedade Melhor, Camila Paim lembra que o cadastro das escolas é fácil e depende apenas de autorização do Conselho Escolar.

"Com o início das aulas, as adesões estão aumentando dia a dia. Já podemos ver um grande engajamento da comunidade para aderir ao Programa. Agora, passamos para o estágio seguinte à participação, incentivando as Diretoras e Diretores, bem como toda a comunidade escolar, a discutir as necessidades e buscar parcerias para sua Escola”, avalia.

Ações práticas já estão ocorrendo. Em março, a Escola São Francisco de Assis, em Porto Alegre, recebeu 50 netbooks da empresa SafeWeb, que atua no ramo de Certificação Digital. A empresa também custeou a instalação de wi-fi no prédio. O Governo do Estado, por sua vez, adquiriu outros 50 netbooks.

“Com o Programa, buscamos parceiros e não ficamos restritos a recursos da Secretaria para realizar as melhorias que nossas escolas precisam”, acrescenta o secretário estadual de Educação, Vieira da Cunha.

Como as escolas podem participar?

Primeiro, a direção deve apresentar a ideia aos professores, pais e alunos, através do Conselho Escolar. Aprovada a proposta, a Direção deve preencher o Termo de Adesão. Por fim, basta enviar o termo preenchido e assinado, acompanhado da cópia da ata da reunião do Conselho Escolar, para o e-mail escolamelhor@seduc.rs.gov.br.

Como as empresas podem participar?

Basta a empresa procurar diretamente a escola que pretende ajudar. No site www.educacao.rs.gov.br, há uma lista com os estabelecimentos participantes do programa.

Pessoas físicas também podem participar?

Sim. Os passos a serem seguidos são os mesmos das empresas.

Que tipo de doação pode ser feita?

A participação da comunidade poderá acontecer de diversas formas: doação de recursos materiais às escolas, assim como livros e equipamentos; patrocínio para a manutenção, conservação, reforma e ampliação da infraestrutura física; disponibilização de banda larga, equipamentos de informática, entre outras doações.

Como será feita a divulgação da parceria?

Os participantes poderão divulgar em suas campanhas publicitárias as ações praticadas através do Programa.
Para as escolas, a Secretaria da Educação também disponibiliza um modelo padrão de placa, ou pintura em muro, onde poderão constar os nomes e/ou logomarcas das empresas parceiras. Nestes casos, o material deverá ser custeado pelo parceiro.
Além disso, a empresa ou pessoa física receberá um certificado emitido pelo Governador do Estado e pelo Secretário da Educação, em razão do importante gesto de colaboração para o ensino público no Rio Grande do Sul.  

Outras informações através do telefone (51)3288-4729, ou no e-mailescolamelhor@seduc.rs.gov.br


 

Fonte: Site da Seduc

 

Correção: Os Cursos Técnicos da Escola Técnica Estadual Frederico Guilherme Schmidt, de São Leopoldo são integrados ao Ensino Médio e subsequentes.